A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

23/06/2009 14:19

Fahd Jamil recupera mansão faraônica, imóveis e veículos

Redação

Além de absolvê-lo da pena de 20 anos e três meses de reclusão em regime fechado, a 5ª Turma do TRF3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região) devolveu os bens seqüestrados pela Justiça Federal do empresário Fahd Jamil. Na época, o juiz federal Odilon de Oliveira determinou a perda de 10 imóveis, incluindo-se a mansão faraônica de 1.987 metros quadrados de área construída, e R$ 2,1 milhões em dinheiro.

Há quatro anos, a Justiça chegou a cogitar a proposta de transformar a mansão do empresário em sede da delegacia da Polícia Federal em Ponta Porã. Hoje, o imóvel avaliado em quase R$ 6 milhões continua na prática com a família de Fahd e deverá retornar oficialmente ao controle de Jamil.

Além disto, o TRF3 devolveu os R$ 42 mil apreendidos do ex-prefeito e ex-vereador de Ponta Porã, Landolfo Fernandes Antunes. Ele havia sido condenado a 17 anos de cinco meses.

A maior pena foi aplicada ao piloto de avião, Mauro Parra Espíndola, condenado a 28 anos de prisão. Ele foi preso em Assunção, capital do Paraguai, e extraditado para o Brasil. Os demais absolvidos foram José Edson do Amaral (condenado a 19 anos e quatro meses), Ubiratan Brescovit, o Cheiroso (22 anos e um mês), Vicente Leo Rocha Antunes (17 anos e dois meses) e Ariovaldo Carvalho de Lima (18 anos e três meses.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions