A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

15/05/2008 08:53

Falta de sangue RH negativo no Hemosul atinge hospitais

Redação

A campanha do Hemosul em busca de restabelecer os estoques de bolsas de sangue vem sendo motivo de preocupação dos hospitais da capital. Desta vez a crise atinge os tipos sangüíneos O, A e B de fator RH negativo.

Alguns pacientes internados na Santa Casa e no Hospital Regional não estão podendo nem fazer as cirurgias por falta de sangue

Os interessados em doar podem se dirigir ao Hemosul, que fica na avenida Fernando Correa da Costa, 1.304, esquina com Padre João Cripa, centro. O horário de atendimento é das 7 às 17h30. O telefone para contato é o 3312-1500.

 

Campanhas - Além das chamadas de urgência, o Hemosul mantém campanhas em parceria com outras instituições para garantir o atendimento. Hoje a unidade móvel está no Centro Educacional Padrão, na Avenida Mato Grosso, em uma campanha coordenada pelo Curso Técnico de Enfermagem. Os alunos e professores participam da Semana da Enfermagem, com atividades na área de saúde.

 

Para poder doar sangue, a pessoa precisa se dirigir ao local portando documento oficial com foto, ter entre 18 e 65 anos, pesar no mínimo 50 Kg, não ter ingerido álcool 48 horas antes da coleta e estar alimentado. Quem trabalha no período noturno deve descansar pela manhã e doar sangue após o almoço.

 

As doações podem ser feitas a cada dois meses por homens, mas não deve doar mais de quatro vezes ao ano. Para as mulheres, a quantidade de doações não deve ser superior a três por ano, e o período entre as doações é de três meses

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions