A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

21/01/2018 13:05

Férias e ressaca pós-Enem tornam mais difícil vestibular da UFMS

Universidade realiza neste domingo o primeiro vestibular depois de 8 anos

Osvaldo Júnior e Mirian Machado
Alunos na saída de local de provas do vestibular da UFMS (Foto: Paulo Francis)Alunos na saída de local de provas do vestibular da UFMS (Foto: Paulo Francis)

A ressaca pós-Enem e o ritmo de férias tornaram mais difíceis as provas da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), realizadas neste domingo. O exame, que marca a volta do vestibular pela instituição depois de oito anos de seleções via Sisu (Sistema de Seleção Unificada), está sendo aplicado na Capital e campi do interior.

“Achei difíceis as questões de Matemática e de Física”, avaliou o estudante Ygor Rodrigo de Almeida, 17 anos, que pretende cursar Educação Física. Ele admite que tem dificuldades em exatas, situação que foi agravada durante as férias. “Esqueci muitas fórmulas”, contou. 

Ygor, 17 anos: Depois do Enem, fiquei mais relaxado (Foto: Paulo Francis)Ygor, 17 anos: "Depois do Enem, fiquei mais relaxado" (Foto: Paulo Francis)

Na época das provas do Enem (Exame Nacional de Ensino Médio), Ygor, que terminou o Ensino Médio no Colégio Status, afirmou que estava melhor preparado. “Fomos muito cobrados na escola para o Enem. Depois que acabaram as provas, fiquei mais relaxado”, disse.

E foi nesse clima de relaxamento, próprio de férias, que o estudante foi encarar o vestibular da UFMS. Além dos problemas com as exatas, Ygor também se preocupa com a nota da redação. “A UFMS vai usar a nota de redação do Enem e fiz 680 pontos”, contou.

Amiel, 17 anos: Esperava mais leitura e textos na prova (Foto: Paulo Francis)Amiel, 17 anos: "Esperava mais leitura e textos na prova (Foto: Paulo Francis)

Em situação contrária a de Ygor, o candidato Amiel Enrique Gomes da Silva, 17 anos, que também estudou no Colégio Status, aposta, justamente, na nota de redação do Enem. “Esperava mais leitura e textos na prova. Achei a do Enem mais difícil”, compara.

Mesmo considerando o grau geral de dificuldade das provas do vestibular da UFMS abaixo ao do Enem, Amiel reconhece que poderia ter se saído melhor do que acredita que saiu. E, novamente, as férias têm papel central. “Em férias, a gente fica mais relaxado”, justifica-se.

Ele acrescenta que a divulgação do vestibular da UFMS ocorreu em intervalo curto de tempo. “Ficou corrido para estudar”, considerou.

Vestibular - Depois de oito anos tendo o Sisu (Sistema de Seleção Unificada) como único meio de acesso aos cursos, a UFMS aplicou, neste domingo (21), o vestibular. Foram 8 mil inscritos para as provas qu foram aplicadas em Aquidauana, Chapadão do Sul, Campo Grande, Corumbá, Coxim, Naviraí, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã e Três Lagoas. Para os candidatos ao curso de Música – Licenciatura, além da Prova Objetiva, será aplicada a Prova de Habilidades Musicais.

O exame da UFMS consiste em 60 questões objetivas de múltipla escolha, elaboradas na perspectiva interdisciplinar, envolvendo conteúdos referentes à proposta curricular para o Ensino Médio.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions