A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

22/10/2010 09:56

Fila para ortopedia tem 347, mas 177 pacientes sumiram

Redação

Na fila de espera por cirurgia ortopédica no Hospital Universitário de Campo Grande estão 347 pacientes, mas alguns são procurados para exames necessários para a internação.

O problema foi apontado pela direção do HU, durante vistoria realizada nesta semana pelo Ministério Público Estadual, referente a TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) firmado com o hospital e o Ministério Publico Federal.

A Promotoria de Justiça de Campo Grande foi até o local para verificar os avanços depois do acordo fechado em abril deste ano, assinado depois que o Hospital regional repassou integralmente os serviços de ortopedia ao HU, cedendo, inclusive, profissionais para o atendimento.

Um dos pontos verificados durante a vistoria foi o respeito a carga horária desses médicos no HU, "o que segundo o diretor do hospital está sendo exercido", informa o MPE.

Até agora, apenas 130 já passaram por avaliação médica e 42 farão cirurgias, mas 177 ainda não foram localizados para as consultas.

Os pacientes cadastrados no HR e no HU, para setor de Ortopedia, devem comparecer à Secretaria Municipal de Saúde, localizada na Rua Bahia, 280.

A intervenção do MPF (Ministério Público Federal) provocou mudanças no atendimento ambulatorial de ortopedia na rede pública em Campo Grande, que é alvo frequente de reclamações.

Para que a alteração fosse possível, o HR transferiu seis médicos ortopedistas para o HU. Em abril, um mutirão já era previsto para atendimento das cerca de 300 pessoas que estavam na fila de espera das cirurgias eletivas ortopédicas. A direção do HU se comprometeu a entregar ao MPF, em 27 de maio, a relação de pacientes agendados para as cirurgias.

A lista foi entregue, mas a fila não diminuiu, conforme informações depois da vistoria de terça-feira passada no HU.

Outro item que constava na proposta era o comprometimento da direção do HU quanto à produtividade dos médicos, para a realização de pelo menos 80 consultas diárias no setor de ortopedia, enquanto os médicos transferidos do HR fazem a triagem pré-operatórias.

Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions