A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

04/10/2008 12:30

Foragido é preso com droga, munições e dólares falsos

Redação

Foragido da Colônia Penal Agrícola de Campo Grande desde 7 de janeiro deste ano, Ricardo Neves da Rocha foi preso neste sábado, no Jardim Novo Paraná, em Campo Grande.

Policiais do Serviço Reservado do 9º Batalhão de Polícia Militar encontraram na casa dele, na Rua Realeza, cerca de quatro quilos de cocaína, 50 munições de calibre 38, 50 de calibre 22, 135 de pistola .135, um revólver calibre 38 e U$ 8 mil falsos.

A PM havia recebido informações de que um foragido da Colônia, que utilizava um Astra de cor preta, fazia negociações de droga em um lava-jato, no bairro Mata do Jacinto, e há cerca de 15 dias monitoravam o local.

Neste sábado, os policiais viram o veículo e abordaram Ricardo, ficando constatado que ele era foragido da unidade penal. Em seguida, foram com ele até a residência no Novo Paraná.

Porém, para tentar despistar a PM (Polícia Militar), Ricardo forneceu três endereços errados, mas os policiais já tinham o verdadeiro. O material apreendido no local estava escondido no sóton.

Ricardo havia alugado a residência, próxima a do irmão dele, há cerca de dois meses, e a utilizava somente para armazenar a droga, as munições e a arma. Havia poucos móveis no local.

Metade do entorpecente apreendido estava em cápsulas. Ele disse aos policiais que estas cápsulas seriam introduzidas na vagina de mulheres para serem levadas a internos de presídios da Capital.

A outra metade seria vendida para uma pessoa que ligaria para ele e seria levada para outra cidade.

Ricardo confessou aos policiais que comprou a droga com dólares falsos. A procedência das cédulas ele não detalhou. Inicialmente relatou que as havia encontrado enterradas. Ele foi encaminhado à Polícia Federal.

Ricardo cumpria pena por ter sido flagrado em outubro de 2006 pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) com 4,6 quilos de haxixe. Na data em que fugiu da Colônia, faltavam apenas cinco meses e 14 dias para ele terminar de cumprir a pena. Agora, Ricardo volta para o regime fechado.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions