A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 14 de Dezembro de 2018

24/01/2008 13:10

Funcionários da usina Quebra Coco voltam a cogitar greve

Redação

A Companhia Brasileira de Açúcar e Álcool e a Agrisul, proprietárias da usina Quebra Coco, em Sidrolândia, têm até esta sexta-feira (25 de janeiro) para efetuar o pagamento das férias coletivas de seus mais de 300 funcionários, sob ameaça de ver as atividades paralisadas pelos trabalhadores. O alerta partiu do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Açúcar e Álcool de Rio Brilhante, ao exigir o cumprimento de acordo firmado com o Ministério Público do Trabalho.

Oviedo Santos, que representa o sindicato em Sidrolândia, lembrou que no início da semana representantes da usina e dos trabalhadores pactuaram no MPT acordo para o pagamento do benefício, que estaria atrasado desde 16 de dezembro. O salário do mês anterior também não havia sido pago no prazo, sendo encaminhado aos trabalhadores na semana passada após queixa aos promotores.

Pelo acordo, a usina deve pagar as férias coletivas e multa de 20% sobre o piso da categoria

MEC vai propor nova estrutura para cursos de pedagogia
O Ministério da Educação (MEC) vai encaminhar ao Conselho Nacional de Educação (CNE), na próxima semana, uma proposta de modificação dos cursos de pe...
Motoristas envolvidos em contrabando terão habilitação cassada
O motorista que for condenado por dirigir veículo usado para receptação, descaminho ou contrabando de mercadorias terá sua carteira de habilitação ca...
STF decide que Ministério Público pode cobrar multas de ações penais
O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (13) que o Ministério Público tem competência para ajuizar ações de cobrança de multas definidas em con...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions