A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

02/10/2013 12:10

Garotas de programa que presenciaram golpe podem responder por falso testemunho

Graziela Rezende

Quatro garotas de programa que trabalhavam na mesma boate que Viviane Rodrigues de Matos, 31 anos, morta pelo dono do local no dia 6 de setembro, na Chácara dos Poderes, em Campo Grande, podem responder por falso testemunho. Segundo o delegado Fábio Sampaio, responsável pelas investigações, diligências apontam que elas presenciaram parte da cena e omitiram este detalhe à Polícia.

“Ouvimos ao todo mais de 20 pessoas, entre familiares de Viviane e as colegas de trabalho. A esposa do Fernando Augusto dos Reis Guimarães, 24 anos, ficou trancada, porém temos evidências de que outras garotas de programa a viram sendo colocada no carro e não informaram, em um primeiro momento, este detalhe à Polícia”, explica o delegado Sampaio.

Por conta desses detalhes e de exames solicitados, o delegado ainda não finalizou o inquérito policial. Porém, os autores já foram indiciados por homicídio e estão presos. Além disso, a polícia ainda apreendeu dois veículos, pertences de Viviane, o porrete e a faca utilizada no crime, bem como um HD que possui imagens da dupla comprando gasolina para atear fogo na vítima.

Crime: Segundo a Polícia, Viviane se desentendeu com Fernando por volta da 1h do dia 6 de setembro. “Ela foi para o caixa onde o autor estava e o afrontou, jogando duas garrafas de champagne no chão”, conta o delegado Fábio Sampaio. Logo após, ao término do seu trabalho, às 3h, Viviane recebeu a sua comissão das bebidas e foi para o quarto.

Neste momento, Fernando fechou o local e deu início ao crime. Eles vão responder por homicídio, cuja pena varia de seis a 20 anos de prisão. “Vamos deixar todas as evidências para a Justiça entender das qualificadoras, que vão desde o motivo fútil, a utilização de fogo, o meio cruel e o concurso de pessoas. Fernando vai responder ainda pelo favorecimento a prostituição”, finaliza o delegado.



Vai responder por favorecimento à prostituição e quanto às outras boates da cidade, "o bicho só pega" quando ocorre algum crime maior, caso contrário, elas (as boates) estão por aí numa boa, explorando o corpo dessas "trabalhadoras".
 
Antônio Calloni em 02/10/2013 14:51:54
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions