A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

29/05/2016 11:05

Governo de MS prepara projeto de reestruturação da saúde em 2017

Retorno deve ocorrer no começo do ano que vem, com o mesmo roteiro

Leonardo Rocha
Secretário Nelson Tavares diz que Caravana deve voltar no começo do ano que vem (Foto: Alcides Neto)Secretário Nelson Tavares diz que Caravana deve voltar no começo do ano que vem (Foto: Alcides Neto)

O governo estadual deve retornar com a Caravana da Saúde, no começo de 2017, tendo como novo foco a reestruturação do sistema de saúde, nas 11 microrregiões do Estado. O roteiro pode ser o mesmo usado no seu primeiro ano de atividades. Esta informação foi revelada pelo secretário estadual de Saúde, Nelson Tavares.

“Já conversei com o governador (Reinaldo Azambuja) sobre o assunto e começamos a estudar o retorno para o começo do ano que vem, até porque agora vai ter o período eleitoral, faremos o esforço para que seja o mesmo roteiro, mas agora com um foco diferente da 1ª edição”, explicou ele, neste domingo (29), no Centro de Convenções Albano Franco.

Tavares revelou que o foco será a reestruturação do sistema de saúde, para que a regulação funcione de forma plena e cada região tenha gestão hospitalar, saúde básica de qualidade e os serviços funcionando de maneira adequada. “Podemos implantar nos hospitais a administração pelas OS (Organizações Sociais), com o objetivo de deixar o sistema estruturado”.

O secretário contou que muitos prefeitos estão pedindo o retorno da Caravana, para que os mesmos serviços voltem a ser disponibilizados, mas que a 2ª edição terá ações diferentes. “Temos que estruturar o sistema, fazendo a descentralização por meio da regionalização”.

Ele ainda mencionou que existem pequenos hospitais que são extremamente deficitários, tendo despesas altas. “Vamos conversar com as administrações municipais para saber que finalidade daremos a eles, além de pouca resolutividade, são caros”.

A vice-governadora, Rose Modesto (PSDB), também comentou sobre o tema, confirmando que existe a possibilidade da Caravana da Saúde voltar no ano que vem, mas também adiantou que o governo estadual quer melhorar a capacidade dos hospitais do Estado.

Para este ano, Modesto citou em Campo Grande, a ampliação do Hospital do Câncer, conclusão do Hospital do Trauma e a construção de um novo anexo no Hospital Regional. O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) também já divulgou os hospitais regionais de Três Lagoas e Dourados.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions