A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

09/03/2011 18:54

Governo decreta situação de emergência e antecipa Vale Renda

Paulo Fernandes

MS tem 67 mil desabrigados e desalojados por causa das chuvas.

Governador André Puccinelli declara situação de emergência (foto: Rachid Waqued/Noticias.MS)Governador André Puccinelli declara situação de emergência (foto: Rachid Waqued/Noticias.MS)

O governo do Estado declarou situação de emergência nos municípios afetados pela chuva, determinou o envio de alimentos, água e roupas e antecipou a entrega do benefício do Vale Renda em seis municípios.

São 4.199 benefícios antecipados, no valor de R$ 608.855,00, em Anastácio, Aquidauana, Coxim, Dois Irmãos do Buriti, Miranda e Ribas do Rio Pardo. O Vale Renda só seria entregue dentro de uma semana.

Mato Grosso do Sul tem 67 mil desabrigados e desalojados por causa das chuvas dos últimos dias.

Um dos municípios mais afetados foi Paranaíba, que ficou sem o fornecimento de água. A Sanesul diz que até amanhã o fornecimento estará restabelecido para toda a cidade.

O governo também declarou emergência nas estradas e pontes estaduais danificadas e nas lavouras atingidas, com o objetivo de facilitar o acesso ao crédito para os agricultores e a renegociação dos débitos.

Alimentos, água e roupas começam a ser entregues amanhã em Aquidauana, Anastácio e Dois Irmãos.

Segundo o coordenador estadual da Defesa Civil, Coronel Ociel Ortiz Elias, as roupas são de um estoque da própria entidade para emergências. Já a água potável será fornecida pela Sanesul.

O governador André Puccinelli também fez uma nova solicitação para a liberação de R$ 9.654.479,20 para oito municípios que haviam declarado situação de emergência em virtude das chuvas, granizo e vendaval em outubro de 2010.

Segundo Puccinelli, apenas ¼ dos recursos solicitados foram liberados. No pedido, o governador argumenta que o dinheiro é “imprescindível para o restabelecimento da normalidade nessas localidades”.

Na ocasião, municípios tiveram dificuldade para atender todos os requisitos para o reconhecimento do estado de emergência, o que ocasionou a demora na liberação dos recursos.

Desta vez, a Defesa Civil está orientando os municípios sobre os procedimentos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions