A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

19/04/2011 16:10

Grupo japonês constrói hospital-spa com 200 leitos em Guia Lopes

Nadyenka Castro

Previsão é de R$ 50 milhões em investimentos

Maquete de hospital a ser construído em Guia Lopes. (Foto: Arquivo do arquiteto)Maquete de hospital a ser construído em Guia Lopes. (Foto: Arquivo do arquiteto)

Grupo de médicos japoneses vai construir em Guia Lopes da Laguna, distante 227 quilômetros de Campo Grande, um hospital-spa com 200 leitos. A pedra fundamental será lançada no próximo dia 29 e a previsão é de R$ 50 milhões em investimentos e dois mil empregos.

O arquiteto Celso Costa, responsável pelo projeto, explica que serão 200 leitos, sendo a maioria -60%, para o SUS (Sistema Único de Saúde) e o restante dividido entre convênios e particulares.

Segundo o arquiteto, os quartos para convênios serão com dois leitos e os para particulares serão “apartamentos de última geração para quem tem condições para ir para lá”, disse referindo-se que estes são para milionários.

Além da medicina convencional, o nosocômio irá atuar também com a oriental. “Acupunturas, massagens, fitoterápicos”, cita Celso Costa. Haverá também o spa. “A pessoa precisa fazer o chek-up e vai ficar lá para aproveitar e fazer turismo”.

O atendimento será em pelo menos 35 especialidades, incluindo cirurgia plástica. “Vai servir também para atender a demanda daquela região. Acabar com o sofrimento de ter que vir para Campo Grande”.

O hospital será equipado com aparelhos de última geração de diagnóstico por imagem. “Vai ter toda a parte de diagnóstico por imagem. Todos os aparelhos. Também terá laboratório completo”, declarou o arquiteto.

A previsão é que trabalhem no hospital duas mil pessoas, entre médicos, técnicos e setor administrativo. Alguns médicos virão do Japão e outros serão contratados aqui em Mato Grosso do Sul. “A estrutura é uma forma de atrair médicos para a região”.

Celso Costa explica que a intenção é que o nosocômio funcione como uma escola, “mas para pós-graduados”. “Também será para capacitar pessoas para área médica e do turismo”

O investimento inicial é de R$ 25 milhões na parte física e “o mesmo tanto em equipamentos”.

Para contemplar no local tudo que há de mais moderno na medicina, “há pessoas fazendo pesquisa na Alemanha, Japão e Polinésia”, conta Celso Costa.

A área para o hospital é de 75 hectares, fica às margens do rio Miranda e foi doada pela prefeitura. Este é o único investimento público. Todo o restante é do grupo de médicos japoneses.

O paisagismo contará com árvores nativas. “A base é de grama com todas as árvores da região. Ipês amarelos, ipês roxo. Há no nosso grupo ambientalistas e biólogos fazendo esse levantamento”, explicou.

O arquiteto revela ainda que a construção do hospital-spa já foi divulgada em pelo menos 150 países. No local haverá ainda creches e casas.

O projeto ainda precisa ser aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária e prefeitura do município. “Vamos passar como um trator por cima disso. Estamos fazendo acima, além do que eles pensam”, falou o arquiteto.

A ideia-Celso Costa explica que a ideia de construir um nosocômio na região surgiu de um grupo de japoneses que estuda ambientalismo e questões energéticas. Eles avaliariam que há muita energia positiva no local. A previsão é que o hospital fique pronto em dois a três anos.

O arquiteto é o responsável pelo projeto de 70 hospitais, incluindo a Santa Casa de Campo Grande e o Hospital Regional e também em outros países.



adorei a idèia precisa sim de um hospital digno em guia lopes ja morei ai e precisei de atendimento, so consegui em campo grande onde hoje moro com 3 filhos,. sou tèc de enfermagem e tenho prazer de um dia vcs me covidarem para trabalhar nesse hospital parabèns. nao so o celso costa +++os japones e reverendo . obrigado.
 
ivone maria da costa carvalho em 10/01/2012 12:05:28
parabéns pelo hospital...
temos que parar com preconceito religioso; o brasil é um país laico...
sobre tudo isto que falam de irregularidades do ano, 1999,2001,...já teve á CPI e foi investigado tudo inclusive com o apoio da interpol e não teve nada de irregularidades, é só pesquisar sobre o relatorio final da CPI.
temos que sair do nosso paradígma e começarmos temos uma visão mais ampla das coisas.
temos que apoiar esta organização(hospital) dentro das normas e leis pois é um grande investimento para nossa região.
 
mario marcos em 30/04/2011 02:43:08
NOSSA QUE PROJETO É ESSE!!!!!!!!!!!MUITO BOM. QUE DEUS ABENÇOE PARA SAIR ESSE HOSPITAL, MUITA GENTE ESTA PRECISANDO!!!!!!!!!!SERÁ DE BOM USO.
 
BERENICE GENOVEVA GONZALES em 29/04/2011 06:36:35
Maravilhoso, ja passou da hora do mundo se unir sem preconceitos de cor,raça e religião, de centrar-se mais no bem estar e amor ao proximo e trabalharmos juntos aprender com outros povos é evoluir, parabens ao prefeito que doou esse terreno, milhares de pessoas teram uma vida mais digna graças a esse seu gesto.Obrigada aos japoneses e MUITO BEM VINDOS AO BRASIL,ESSE PAIZ É DE TODOS. cordialmente. LEONICE BERGOSSI.
 
LEONICE BERGOSSI em 21/04/2011 03:34:45
Concordo com os colegas abaixo. Muito estranho mesmo, será que a prefeitura de guia Lopes questionou alguma coisa ou ja aceitou de cara? Porque é só estrangeiro chegar e dizer q quer construir aqui e o governo ja vai dando terreno as margens do rio, etc.
 
leticia mello em 20/04/2011 11:25:17
Parabenizo esse site, por noticiar algo tao importante para nosso estado e nossa região,como diz nosso colega ai em baixo, nao importa se é japonês,chinês, indiano etc o importante é que tragam investimento e melhorias , principalmente na area da saúde onde temos tanta carência, que venham e que se concretize rapido tal projeto e nossa regiao seje o centro de coisas boas,tanto na politica,turismo e saúde.. mostrado pro resto do BRASIL que aqui tem muito ainda oque investir e desenvolver. Parabéns!!!
 
Anne serrao em 20/04/2011 09:32:47
Que se torne realidade.E rápido.O povo do antigo "vale do esquecimento"(região sudoeste) agradecerá muito.Não importa se é coreano ou paquistanês.O que importa é atender o povo,que sempre está necessitado.O nome conceituadíssimo do arquiteto nos anima.Bem-vinda esta obra.
 
Ronaldo Ancél Alves em 20/04/2011 08:07:11
nao importa se japones ou chines. se vcs nao querem ,manda para antonio joao ,nos queremos.
 
alexsandro lino em 20/04/2011 07:55:50
como vai fazer para manter o hospital...
 
jeferson leite em 20/04/2011 07:32:55
Ao que parece aquela região deste Estado de MS, mais uma vez atrai investidores internacionais excêntricos, é só relembrar Reverendo Moon e os acontecimentos veiculados na imprensa ou, acessar alguns sites acessados em 19/04/2011, com reportagens, das quais estão elencadas algumas citações a seguir:

Veja 03/02/99
3 fev. 1999 ... A nova Coréia floresce no Pantanal. Reverendo Moon inunda cidadezinha com milhares de coreanos e japoneses. JUNQUEIRA, Eduardo, de Jardim ...
Disponível em:
http://veja.abril.com.br/030299/p_096.html

O JARDIM DA SEITA MOON
O coreano Sun Myung Moon, 76 anos, autoproclamado terceiro filho de Deus - depois de Adão e de Jesus Cristo - está torrando uma pequena parte de sua bilionária fortuna na pobre, pequena e simpática Jardim, 20 mil habitantes, a 260 quilômetros de Campo Grande, Mato Grosso do Sul (MS). Jardim não foi ouvida nem cheirada - está, aliás, atônita e amedrontada -, mas, numa singela homenagem ao Éden bíblico, o Terceiro Adão a escolheu como ponta de lança da nova ofensiva com que pretende salvar o Mato Grosso, o Brasil e o Mundo, tudo assim mesmo, em Maiúsculas. (CARVALHO, Luiz Maklouf [Jornal da Tarde]
Disponível em:
http://prof.reporter.sites.uol.com.br/seitam.htm

Quais os reais interesses do rev. Moon no Pantanal?
“Todo esse interesse de ampliar imensamente as propriedades nesses dois países, em regiões de fronteira de segurança nacional, separados somente pelo rio Paraguai, será que se restringe somente a motivos religiosos? (ARROZIO ,Ernesto 1999)”
Disponível em:
http://www.pime.org.br/mundoemissao/seitasmoon.htm

CPI do Reverendo Moon
A CPI do Reverendo Moon foi criada com a finalidade de investigar os empreendimentos do Reverendo Moon em Mato Grosso do Sul. A partir da Audiência Pública realizada pela Mesa Diretora, em outubro de 2001, a Assembléia levantou as atividades da Associação das Famílias para a Unificação e Paz Mundial, que já comprou no Estado mais de 80 mil hectares.
Disponível em:
http://www.al.ms.gov.br/Default.aspx?tabid=256

Incra vistoria fazendas do reverendo Moon em MS.
Publicado em 09.08.2002 por Agência Brasil
http://agregario.com/incra-vistoria-fazendas-do-reverendo-moon-em-ms

Resta torcer para que desta vez o desfecho seja outro, a final é um hospital spa, mas como o chavão “gato escaldado tem medo de água fria”, e como aquela região é riquíssima em água fria e potável, é bom ficar ligado com coisas aparentemente inocentes e até de interesse social, a final, ali é uma região do mundo que verte água limpa - cristalina, uma reserva - e se fosse lá no pais deles, brasileiros teriam tanta facilidade assim?
 
Wanderley L Bambil em 19/04/2011 07:26:15
Japoneses, até parece. O empreendimento, como toda a região já sabe, será feito pelo Reverendo Moon, que não tem nada de japones e sim é coreano. E o negócio é mais um empreendimento fantástico com dinheiro deste personagem enigmático!!!
 
mauricio alves em 19/04/2011 05:43:14
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions