A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

13/12/2013 17:36

Índios mobilizam 900 “soldados” e só deixam fazendas mortos

Lidiane Kober

Após decisão judicial determinando a reintegração de posse de cerca de nove mil hectares, em 14 propriedades rurais de Japorã, a 487 quilômetros da Capital, a tensão se instalou no município.

A comunidade indígena mobilizou 900 homens para resistir e promete “aguentar até o último fôlego”. “A ordem é resistir até a morte”, declarou Roberto Guarani, 32 anos, integrante da aldeia.

Segundo ele, no dia 10 de dezembro, a comunidade foi intimada sobre a decisão de reintegração de posse. “A juíza determinou o uso de força policial e oito agentes da Polícia Federal foram até a área”, contou. Em resposta, os índios teriam cobrado a presença da Funai (Fundação Nacional do Índios).

De acordo com Roberto, os policias disseram “não ter nada a ver com a fundação e que vieram até a área cumprir decisão judicial”. “O problema é que eles apontaram armas a parentes nossos e nos ameaçaram”, relatou o índio. Na intimação, conforme ele, a Justiça deu 10 dias para a comunidade sair das propriedades.

Alegando não ter aonde produzir para sustentar os cinco mil indígenas, a comunidade decidiu resistir. “Estamos um em cima do outro em 1,6 mil hectares e, a cada ano, nascem mais 200. Se tivéssemos dinheiro iríamos construir prédios”, comentou.

Para o combate, a comunidade mobilizou 900 homens e faz rituais religiosos em busca de proteção. “Não temos armas, a nossa defesa é coragem, a crença, o arco e a flecha”, disse Roberto. Ele informou ainda que os “parentes” ocuparam os “quatro cantos das propriedades”, onde iniciaram o cultivo de alimentos e construíram ocas.



Pois é,se acontecer um verdadeiro genocídio,depois vão se lamentar,aí aparece direitos humanos e tudo mais.Já se esqueceram do "Massacre de Eldorado dos Carajás"? 19 sem - terra foram mortos pela polícia militar do estado do Pará.Memória curta...
 
Alzira pires gomes em 16/12/2013 13:42:53
As terras são dos índios, se os matarem será uma vergonha para o MS, isto não pode acontecer. Eles não vão fugir, estão dispostos a morrer, vão lutar até o fim.
Será que quem faz isto com eles, vão poder dormir em paz depois?
Não pensam que um dia terão de prestar contas a Deus?
Deixem os índios em paz viverem nas terras que são deles, porque mata-los e deixar várias crianças orfãos?
Os índios são humanos,são nossos irmãos e temos que respeita-los, pensem nisto!
 
Maria Helena Orlando Coutinho Pereira em 14/12/2013 10:27:27
SR. ADRIANO ROBERTO DOS SANTOS, PELO QUE PERCEBO, NO MÍNIMO SEU COMENTÁRIO É RACISTA E PRECONCEITUOSO. SE V TEM UM POUQUINHO DE CONHECIMENTO, SABE QUE A MAIORIA DESSAS TERRAS PERTENCENTES A ESSES GRANDES LATIFUNDIÁRIOS DO BRASIL FORAM TODAS TOMADAS À FORÇA, ISSO TÁ NA HISTÓRIA, É SÓ LER!!!!! E QUANTO AO SEU COMENTÁRIO Q RESPEITO DE QUE OS ÍNDIOS SÓ SÃO VALENTES QUANDO ESTÃO DE BASTANTE, PELO QUE SEI A POLÍCIA QUE É ASSIM, SÓ BATE EM ALGUÉM QUANDO ESTÃO DE BASTANTE, POIS QUANDO ESTÃO SOZINHOS SÃO VERDADEIROS CORDEIRINHOS, É MUITO FÁCIL TORTURAR AS PESSOAS ALGEMADAS, AMARRADAS, LUTAR CONTRA QUEM NÃO POSSUI ARMAS, QUERO VER ENCARAR DE IGUAL PARA IGUAL!!!!!!!!!!!!!!
 
Milton Martins em 14/12/2013 10:25:21
A culpa é da Funai, não dos indios, a funai que coloca fogo neles e fala que as terras são deles.. Deles? quem pagou pelas terras, quem paga os impostos? Indio pode tudo, ate matar, roubar e fazer 200 filhos por ANOOO nosso governo tem que ver que se ficar dando o que eles querem nao vai ter fazendo produzindo o BRASIL, fazendo nossa economia, o que os indios faz para o Brasil crescer??? rsrs haaaa FILHOS 200 por ano, só isso mesmo por que nada é para o nosso PIB.
 
Emilia Ferreira em 14/12/2013 08:11:15
Soldados? Resistir até a morte? Me desculpem, mas eles são valentes quando estão em grande número e põe as mãos em alguém sozinho e desarmado. Uma dúzia de soldados de verdade, armados apenas com bombas de gás e armas com balas de borracha, põe esses 900 "soldados" para correr de volta ao país de onde vieram, já que a maioria deles só falam guarani e espanhol...
 
Adriano Roberto dos Santos em 13/12/2013 20:48:04
Depois que acontecem a trajedia vao querer colocar a culpa na Força Nacional e na Policia Federal.
 
santos filho em 13/12/2013 18:11:53
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions