A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

11/08/2008 11:29

Indústria do carvão fechou a Governadoria em protesto

Redação

Pelo menos 800 pessoas representantes do setor da indústria carvoeira fizeram na manhã de hoje uma carreata em Campo Grande para chamar a atenção do governador André Puccinelli (PMDB) para o setor. Durante o manifesto, eles chegaram a obstruir a entrada da Governadoria e foram multados.

Os manifestantes montaram um comboio com cerca de 40 veículos, entre automóveis, caminhões e ônibus em carreata que saiu do Parque Ayrton Senna para a Governadoria, no Parque dos Poderes.

O objetivo do ato foi pedir o desbloqueio de cem carvoarias, impedidas de trabalhar, mesmo tendo licença ambiental. De acordo com o presidente do Sindicarv (Sindicato das Indústrias e dos Produtores de Carvão Vegetal de Mato Grosso do Sul), Márcio Brito, o excesso de burocracia e a falta de estrutura dos órgãos ambientais prejudicam o setor.

Hoje, cerca de 25 mil trabalhadores atuam no setor, que tem 300 carvoarias, conforme números do sindicato. Os manifestantes usaram o slogan

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions