A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

19/08/2016 17:05

Interesse chinês em ferrovias de MS é recebido com otimismo pelo governo

Adriano Fernandes e Ricardo Campos Jr., de Bonito
Governador Reinaldo Azambuja durante Fórum Brasil Central em Bonito (Foto: Alcides Neto) Governador Reinaldo Azambuja durante Fórum Brasil Central em Bonito (Foto: Alcides Neto)

A possível integração entre a empresa chinesa RCC com a Rumo ALL, atual detentora da malha ferroviária de Mato Grosso do Sul, é um dos temas discutidos na tarde desta sexta-feira (19), durante a 4ª Reunião do Fórum de Governadores do Brasil Central, que acontece em Bonito - distante 257 km de Campo Grande.

Além de resolver um dos mais graves problemas de logística de Mato Grosso do Sul, a proposta de integração foi recebida com otimismo pelo Governo. “Essa busca da Rumo por parceiros deixa o estado muito otimista por melhorias no setor ferroviário, pois são investimentos que beneficiam não só o estado, mas também todo o país”, comentou o governador, Reinaldo Azambuja (PSDB).

A Rumo assumiu a malha ferroviária que passa pelo Estado em abril de 2015, quando a antiga detentora, a ALL, se afundou em dívidas. Apesar da incorporação, a empresa também alega crise financeira.

Uma das linhas comprometidas pela atual crise na concessionária foi a a paralisação do percurso feito pelo Trem do Pantanal.

De acordo com o governador, cabe à ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) definir para quando e como será implantada a parceria. Mas o Governo aguarda com ansiedade a proposta.

“É a ANTT quem regula esta integração porque é algo que extrapola os limites dos estados. Mas devemos ter pressa, até porque nós já pagamos um ônus muito grande do tempo em que a ALL era concessionaria e nada funcionou”, afirmou.

Ontem, o governador Reinaldo Azambuja se reuniu com o dirigentes da ANTT que também se mostraram otimistas com a proposta. "Em breve teremos boas notícias sobre essa integração", disse o governador.  

A gigante de logística RCC está disposta a investir pesado no país e a região Centro Oeste é a que mais desperta interesse na concessionária. A empresa chinesa é uma das maiores de serviços de logística no mundo, tendo tem serviços ferroviários implantados em Pequim, Xangai, Guangzhou, Tianjin, Wuhan, Chongqing, Hangzhou, Nanjing, Hohhot e Xi'an.

Governadores de seis estados se reúnem hoje para Fórum do Brasil Central
Governadores do Centro-Oeste, Tocantins e Rondônia, se reúnem hoje em Bonito - distante 257 km de distância, para o Fórum de Governadores Brasil Cent...
Governadores participam de fórum hoje e amanhã em paraíso ecológico
Acontece entre hoje e amanhã em Bonito - distante 257 km de Campo Grande, a 4ª Reunião do Fórum de Governadores do Brasil Central. Participam do even...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions