A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 16 de Fevereiro de 2020

14/02/2020 11:08

"Estava cheio de crianças", diz mãe de menina que morreu em parquinho

O acidente aconteceu no parque infantil da praça localizada na Avenida Perimetral, no Bairro Generoso, em Corumbá

Viviane Oliveira
Estela foi socorrida para o pronto-socorro da cidade, mas não resistiu (Foto: divulgação/arquivo familiar) Estela foi socorrida para o pronto-socorro da cidade, mas não resistiu (Foto: divulgação/arquivo familiar)

"Não sei como vai ser a minha vida daqui pra frente". O desabafo é da manicure Mirian Lopes da Conceição, mãe de Estela Vitória, 3 anos, que morreu na madrugada desta sexta-feira (14) após ser atingida por parte da estrutura que sustentava o escorregador. O acidente aconteceu na noite de ontem (13), na praça localizada na Avenida Perimetral, no Bairro Generoso, em Corumbá, distante 419 quilômetros de Campo Grande. 

Segundo Mirian, em entrevista à reportagem por telefone, a filha empurrava a irmã de 6 anos no balanço, quando de repente um pedaço grande de madeira - parte da estrutura do escorregador - caiu em cima da criança que estava de costas para o brinquedo. "Na hora a cabeça e os olhos dela incharam. Ela começou a vomitar sangue. A peguei nos braços, coloquei no carro da minha prima e fomos para o pronto-socorro. Fiquei cega. Gritava de desespero. Ela estava muito mal", disse. 

No momento do acidente, o local estava cheio de crianças. Porém, não havia ninguém no escorregador. "A estrutura cedeu sozinha. O brinquedo está caindo aos pedaços", lamentou. Estela deu entrada no pronto-socorro da unidade por volta das 21h30. "Ela sofreu três fraturas na cabeça. O estado de saúde da minha filha era tão grave, que a transferência para a Santa Casa de Campo Grande seria feita em uma UTI (Unidade de Terapia Intensiva) área. Infelizmente ela não aguentou", disse. 

Estela, caçula de mais dois irmãos de 6 e 9 anos, morreu às 2h15 da madrugada. Já a irmã da vítima sofreu ferimentos leves e não precisou de atendimento médico. "Minha filha adorava brincar naquela praça. Todo dia ela queria ir lá para brincar com os irmãos", contou a mãe. O corpo será velado por volta do meio-dia na capela Cristo Rei. 

A criança morreu após ser atingida por estrutura de madeira que sustentava o escorregador  Foto: Folha MS/ Reprodução)A criança morreu após ser atingida por estrutura de madeira que sustentava o escorregador Foto: Folha MS/ Reprodução)

Tragédia - Este é o segundo caso de morte de criança decorrente do mau estado de conservação de brinquedos em praças corumbaenses. Em julho do ano passado, um menino de nove anos morreu após ser atingido, também na cabeça, por uma trave de gol na quadra de esportes do Bairro Beira Rio.

Em maio de 2016 a praça foi reinaugurada após passar por reformas na parte elétrica, pintura, traves, alambrados e instalação de novas cestas de basquete. Na ocasião, também foram colocados novos brinquedos e mesas de jogos. No mesmo ano, as praças dos bairros Nova Corumbá e Arthur Marinho também foram revitalizadas.

Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions