A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 26 de Maio de 2019

28/11/2018 20:45

Acusado de esfaquear irmã de Marielly será transferido para o MT

Policiais devem levar o suspeito para o Mato Grosso na madrugada desta quinta-feira (29)

Adriano Fernandes
Hugleice da Silva deixando a cadeia em 2011 quando foi preso após aborto mal sucedido da cunhada. (Foto: Arquivo) Hugleice da Silva deixando a cadeia em 2011 quando foi preso após aborto mal sucedido da cunhada. (Foto: Arquivo)

Preso em Dourados, para onde fugiu depois de esfaquear a esposa, Hugleice da Silva, está prestes a ser transferido para o Mato Grosso, Estado onde cometeu o crime. O Campo Grande News apurou que uma equipe da Polícia Civil mato-grossense já está na cidade para levá-lo durante  madrugada desta quinta-feira (29).

A vítima da tentativa de feminicídio, Mayara Barbosa é a irmã mais velha de Marielly Barbosa, 19 anos, que morreu em 2011 após um aborto malsucedido em Sidrolândia. Na época, quem a levou para fazer o procedimento foi o cunhado Hugleice, com quem tinha um caso, apurou a polícia.

Crime - Hugleice e Mayara moravam no Jardim Santa Maria, em Rondonópolis (MT). No dia 18 deste mês, o suspeito viu algo que não gostou no celular da vítima e em seguida a esfaqueou.
Depois do crime, Hugleice fugiu com o carro do casal, um Palio prata.

A vítima conseguiu pedir ajuda e socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Hugleice acabou preso três dias depois (22) durante fiscalização de rotina no posto da PRF (Polícia Rodoviária Federal) no quilômetro 267, da BR-163, quando chegava em Dourados. O suspeito estava com o celular da vítima.

Aborto - Em 2011, Hugleice ficou conhecido em Mato Grosso do Sul por ter levado a cunhada Marielly para fazer um aborto, que terminou em morte.

Na época, ele juntamente com o enfermeiro que fez o procedimento esconderam o corpo da jovem e Hugleice ainda ajudou nas buscas pela moça considerada inicialmente desaparecida.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions