A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 14 de Outubro de 2019

07/01/2019 09:42

Adolescente é espancada por membros do PCC durante “tribunal do crime"

A menina foi resgatada por policiais militares após denúncias do crime e afirmou estar grávida. Caso é investigado pela Polícia Civil

Geisy Garnes
Local em que a adolescente foi encontrada (Foto: Régis Pereira / Sidrolandia News)Local em que a adolescente foi encontrada (Foto: Régis Pereira / Sidrolandia News)

Adolescente de 13 anos, que estaria grávida, foi espancada por integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital) neste domingo (6), em Sidrolândia - a 71 quilômetros de Campo Grande. Ela foi resgatada por policiais militares após denúncias e a suspeita é de que a menina estava sendo submetida ao “tribunal do crime” da facção.

Após denúncias ao 190 policiais militares encontraram a menina em uma casa abandonada do Jardim Paraíso II. Ela estava deitada no chão, com várias lesões pelo corpo, o rosto machucado e as roupas rasgadas. Reclamando de dores abdominais, a adolescente contou que estava grávida e havia sido agredida por quatro pessoas.

Conforme o site Sidrolândia News, para os policiais a menina relatou que foi abordada na rua pelos suspeitos, que a levaram até a casa abandonada afirmando que queiram conversar com ela. Lá foi impedida de sair, agredida e ameaçada de morte pelos suspeitos - três homens e uma mulher - todos integrantes do PCC.

Ainda segundo a menina, ela foi acusada pelo grupo de ter entregado ações e membros da facção a polícia e também de cometer furtos sem autorização dos líderes. No imóvel abandonado, a adolescente foi agredida a pontapés e socos durante julgamento do “tribunal do crime” do PCC.

Ela contou ainda que foram os gritos por socorro que chamaram atenção dos vizinhos. Os suspeitos fugiram ao perceberem a aproximação da polícia, e ainda ameaçaram a garota de morte. Ferida, a vítima foi socorrido pelos próprios policiais, já que as viaturas do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e do Corpo de Bombeiros estavam em outras ocorrência. Agora o caso é investigado pela Polícia Civil.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions