A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 17 de Novembro de 2017

09/10/2015 15:48

Após cinco anos, porto será reativado para desafogar logística do estado

Priscilla Peres
Porto está localizado na fronteira com o Paraguai e irá facilitar o escoamento da produção. (Foto: Semade)Porto está localizado na fronteira com o Paraguai e irá facilitar o escoamento da produção. (Foto: Semade)

O governo do Estado em parceria com empresas privadas e prefeituras está começando a resolver um antigo problema de Mato Grosso do Sul, a logística. Ainda neste mês será reativado o porto de Porto Murtinho - distante 431 km de Campo Grande, importante meio para escoar a produção local.

O porto está há cinco anos parado devido a briga judicial que questiona concessões de licitação. Neste período apenas 20 funcionários permaneceram, para fazer a manutenção do local. Com a retomada das atividades, 60 vagas foram abertas e a previsão é de que o empreendimento gere 80 empregos diretos.

O empresário Michel Chaim, presidente do grupo responsável pela zona portuária, explica que o porto está pronto para voltar a funcionar e que para o ano que vêm ele espera um bom fluxo de cargas, isso devido ao interesse de grandes empresas em exportar e importar produtos por lá.

Grandes empresas do agronegócio, como a Bunge e a ADM já se mostraram interessadas em utilizar o porto para escoar grãos para outros países e importar fertilizantes, por exemplo. Tal possibilidade barateia o frete e aumenta a competitividade do estado, além de desafogar as rodovias com menor fluxo de caminhões.

Armazéns estão prontos para receber a carga que ficará estocada para exportação.  (Foto: Semade)Armazéns estão prontos para receber a carga que ficará estocada para exportação. (Foto: Semade)

Solenidade - No próximo dia 20 acontecerá uma cerimômia de reabertura do porto, que contará com a presença de diversas autoridades, entre elas o governador Reinaldo Azambuja (PSDB). O primeiro embarque já acontecerá neste dia, com uma carga de açúcar que será encaminhada à Argentina.

Além de trabalhar para melhorias as rodovias e estradas vicinais que levam até ao porto, o governo do Estado deve assinar um decreto concedendo incentivos fiscais para a exportação e importação de produtos por Porto Murtinho.

Futuro - Para o município localizado na fronteira com o Paraguai, a reabertura do porto é sinal de novos tempos de desenvolvimento. O prefeito Heitor Miranda (PT) explica que nos próximos anos, a prefeitura vai ganhar com mais ISS (Imposto sobre Serviço) e ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).

No município em que os maiores órgão empregadores são a prefeitura e o Exército, a retomada do porto além de gerar novos empregos, pode ainda contribuir para novos investimentos entre eles a reabertura do frigorífico Marfrig.

"Esperamos que com o porto, mude a logística e reabra o Marfrig. Assim ficará mais fácil a exportação e importação de produtos. O porto trará muitos benefícios para a cidade", afirma o prefeito.

Reabertura do porto levará muitos benefícios para o município e para o Estado. (Foto: Semade)Reabertura do porto levará muitos benefícios para o município e para o Estado. (Foto: Semade)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions