A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2019

11/01/2019 11:40

Após furto de grama, prefeito diz que pagará R$ 1 mil para quem denunciar

Chefe do Executivo municipal publicou nas redes sociais desabafo sobre sumiço de vegetação

Mayara Bueno
À direita da ciclovia, pedaço de terra em meio à grama 'denuncia' furto da vegetação. (Foto: Reprodução/Facebook).À direita da ciclovia, pedaço de terra em meio à grama 'denuncia' furto da vegetação. (Foto: Reprodução/Facebook).

Nas margens da MS-427, rodovia que leva aos balneários de Rio Verde do Mato Grosso, a 207 km de Campo Grande, a ciclovia foi ‘alvo’ de furto de placas de grama. A situação fez com que o prefeito da cidade, Mário Kruger, anunciasse recompensa de R$ 1 mil para quem denunciar as pessoas que levam para casa o bem público.

Segundo o site Rio Verde Notícias, a ciclovia, que tem 7 km de extensão, está passando por obras de requalificação, o que inclui a colocação de placas de gramas. Além de embelezar, o objetivo é evitar que a água da chuva leve terra nas margens da ciclovia. Após a instalação, a Prefeitura de Rio Verde, que ainda não identificou o responsável, notou o sumiço de uma parte da vegetação.

“Os moradores de Rio Verde precisam nos ajudar a preservar a cidade que é deles, que pagam os impostos e querem ter uma qualidade de vida cada dia melhor. Esse tipo de vandalismo não é admissível e tomaremos todas as medidas possíveis para que os bens públicos não sejam danificados, contando sempre com a ajuda da população para preservá-los”, disse o prefeito ao site Rio Verde Notícias.

Em sua conta no Facebook, Mario Kruger também fez o apelo e comentou sobre a recompensa. "Estou oferecendo R$ 1.000,00 (mil reais), para quem denunciar, com provas esses destruidores do patrimônio público".

O Campo Grande News tentou contato com o prefeito para detalhar a história, mas o chefe do Executivo municipal participava de reunião interna ao longo da manhã e não pode falar com a reportagem.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions