A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 20 de Janeiro de 2018

27/07/2016 23:12

Após perseguição na fronteira, dono de garagem de veículos é executado

Nyelder Rodrigues
Camionete foi abandonada por motorista com a vítima morta após fuga que começou em Pedro JuanCamionete foi abandonada por motorista com a vítima morta após fuga que começou em Pedro Juan

Foi morto a tiros na noite desta quarta-feira (27) em Ponta Porã - cidade localizada a 323 km de Campo Grande - Antônio Carlos Alvarenga Junior, conhecido como Boborinho - ele é filho do empresário conhecido como Bororó.

Conforme o site Capitan Bado.com, o crime aconteceu no na rua Arapongas, bairro da Granja, após uma perseguição que começou em Pedro Juan Caballero, território paraguaio.

A vítima estava de carona em uma camionete Toyota Hilux branca, e teria saído pouco antes de uma reunião. O ataque ao veículo aconteceu perto de uma casa de materiais de construção em Pedro Juan.

Bororinho teria sido deixado no veículo pela outra pessoa, que fugiu e abandonou o veículo na rua Arapongas. Há também informações que houve uso de fuzís na ação, acontecendo um tiroteio que deixou feridos. Entretanto, a reportagem tentou falar com as forças policiais de Ponta Porã, porém não conseguiu o contato até o fechamento da matéria.

Este é o segundo caso envolvendo donos de garagens de veículos na fronteira. O empresário José Ivan Ferreira de Brito, de 40 anos e conhecido como Ceará, foi executado a tiros no dia 4, em Ponta Porã. O crime ocorreu por volta de 16h, na área central da cidade, ressurgindo o clima de guerra instalado na região desde a morte de Jorge Rafaat.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions