ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, TERÇA  28    CAMPO GRANDE 27º

Interior

Atirador fugiu de moto com comparsa após assassinar empresário

Os criminosos estão sendo procurados pela polícia, que também tenta descobrir o que motivou a execução

Por Adriano Fernandes | 15/05/2022 19:10
Anderson Melgarejo, morto em atentado na fronteira. (Foto: Redes Sociais) 
Anderson Melgarejo, morto em atentado na fronteira. (Foto: Redes Sociais)

O atirador que assassinou o empresário Anderson Bambil Megarejo, o "Batata" em Ponta Porã, neste domingo (15) teve a ajuda de um comparsa. De acordo com o boletim de ocorrência sobre o caso, os dois criminosos chegaram até a butique de carnes da vítima, na Rua Maracaju, no Centro da cidade em uma motocicleta de origem paraguaia, por volta das 11h50.

Um dos criminosos esperou do lado de fora do estabelecimento enquanto o outro pediu uma mercadoria e acompanhou a vítima até os fundos do estabelecimento. No local, o atirador disparou vários vezes em Anderson, que ainda conseguiu se esconder dentro do seu escritório. O criminoso realizou mais alguns disparos contra a porta e fugiu em seguida com o seu comparsa.

A vítima chegou a ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado para um hospital particular da cidade, mas acabou morrendo às 15h. Os criminosos estão sendo procurados pela polícia, que também tenta descobrir o que motivou a execução do empresário.

Nos siga no Google Notícias