ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, TERÇA  01    CAMPO GRANDE 30º

Interior

Brasileiro finge sequestro para festar e diz que mulher é muito ciumenta

Família chegou a denunciar desaparecimento de José Pedro de Souza no Paraguai

Por Helio de Freitas, de Dourados | 28/10/2020 11:05
Sede do Ministério Público em Pedro Juan Caballero, onde brasileiro se apresentou hoje para prestar depoimento (Foto: Divulgação)
Sede do Ministério Público em Pedro Juan Caballero, onde brasileiro se apresentou hoje para prestar depoimento (Foto: Divulgação)

O brasileiro José Pedro de Souza, de 22 anos, fingiu o próprio sequestro em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia vizinha de Ponta Porã, a 323 km de Campo Grande. Depois de passar um dia e uma noite desaparecido, José Pedro procurou a polícia ontem (27) e disse que o sequestro foi armado para poder sair com os amigos, já que a mulher dele é muito ciumenta.

Segundo a polícia paraguaia, José Pedro morava em Campo Grande, mas recentemente se mudou para Ponta Porã. Na noite de segunda-feira (26), ele e a esposa, identificada Amanda Carolina David Souza, estavam em restaurante no centro de Pedro Juan Caballero.

Enquanto o casal jantava, quatro homens chegaram ao local e chamaram José Pedro para conversar. Sem dar explicações para a mulher, o brasileiro saiu na companhia dos desconhecidos e não foi mais visto.

A mulher e outros familiares do rapaz procuraram a polícia para denunciar o caso. O sequestro de pessoas, depois encontradas mortas, faz parte da rotina da Linha Internacional entre Pedro Juan Caballero e Ponta Porã.

Policiais paraguaios investigavam o suposto sequestro quando José Pedro de Souza procurou a sede do departamento de investigações da Polícia Nacional na tarde de ontem.

Aparentemente bêbado, ele contou que tinha fingido o próprio sequestro para ir a uma festa com os amigos. O rapaz foi liberado, mas na manhã desta quarta-feira deveria se apresentar à sede da Promotoria de Justiça em Pedro Juan Caballero para prestar depoimento.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário