A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

25/08/2016 21:12

Cliente ofende funcionário dizendo que "preto serve para limpar o chão"

Nyelder Rodrigues e Fernanda Yafusso

O funcionário de uma padaria procurou a DP (Delegacia de Polícia Civil) de Aquidauana - cidade localizada a 135 km de Campo Grande - na tarde de quarta-feira (24) para registrar um boletim de ocorrência após um cliente o humilhar e ofender com insultos racistas, em seu local de trabalho, que fica no Bairro Alto.

Segundo informações do site O Pantaneiro, o cliente teria dito que "preto serve para limpar o chão”, após jogar um picolé propositalmente sobre o balcão. A vítima disse à polícia que enquanto trabalhava, percebeu que o autor, de 23 anos, com quem já teria se desentendido antes por razões semelhantes, entrou no local e pegou um picolé.

Ele tirou o produto da embalavam e em seguida o jogou sobre o balcão, sujando o local. A vítima pediu para que o suposto cliente recolhesse o produto e, por favor, colocasse em uma lixeira, quando foi atacada. “Você está aqui pra isso. Preto serve para limpar o chão”, disse o autor da ofensa, que deixou o local logo em seguida.

O trabalhador alegou que esta não é a primeira vez que é alvo de ofensa desta pessoa na padaria onde trabalha. Inclusive, ele já foi alvo de situação parecida na porta da própria casa e que, por isso, deseja representar criminalmente contra o agressor.

Advogado condenado por racismo ocupa cargo público
Comissionado – Condenado a pagar indenização de R$ 17 mil a um bancário por racismo, o advogado Danilo José Medeiros Fligliolino tem cargo comissiona...
Advogado é condenado a pagar indenização de R$ 17 mil por racismo
Um advogado foi condenado a pagar indenização de R$ 17 mil por racismo a um bancário. De acordo com o processo, no dia 9 de janeiro de 2013 Danilo Jo...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions