A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 24 de Abril de 2018

20/03/2017 22:22

Condenado por matar a mãe é preso por exploração sexual e tráfico

Nyelder Rodrigues
Márcio estava trabalhando como picolezeiro e estava sendo investigado (Foto: Divulgação/PC)Márcio estava trabalhando como picolezeiro e estava sendo investigado (Foto: Divulgação/PC)

Foi preso em Aquidauana - cidade localizada a 135 km de Campo Grande - Márcio Akira Kajiwara, de 43 anos, homem acusado de cometer os crimes de tráfico de drogas e exploração sexual de vulnerável.

Márcio também ganhou as manchetes em 1998, quando matou a mãe adotiva, Maria José Kajiwara, que tinha 66 anos, ocultando o cadáver em uma mala. O crime aconteceu em Campo Grande e foi motivado pelo valor de um aluguel.

Ele foi detido pela Polícia Civil na sexta-feira (17), mas o caso só veio à público nesta segunda. Márcio estava trabalhando como picolezeiro e, para aliciar adolescentes, oferecia drogas em troca dos "favores sexuais".

Como trabalhava vendendo picolés nas ruas, ele tinha fácil acesso às vítimas. Conforme explica o site O Pantaneiro, ele também usava as redes sociais para marcar encontros das as jovens abusadas.

A prisão dele foi efetuada Niic (Núcleo de Inteligência, Investigações e Capturas) de Aquidauana, e, por ora, é temporária e válida por 30 dias, período pelo qual as investigações devem ser feitas.

Antes disso, ele cumpriu pena pela morte da mãe - o crime aconteceu quando ele tinha 25 anos - e também por tráfico de drogas, desta vez no Presídio Federal, em Campo Grande.

No dia 28 de abril de 2017, foi proferida decisão pelo Juíz Criminal da Comarca de Aquidauana que determinou o arquivamento do Inquérito Policial referente aos crimes de tráfico de drogas e de favorecimento à prostituição.

(Matéria editada às 10h35 do dia 09/03/2018)

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions