A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 24 de Setembro de 2017

07/08/2017 16:27

Delegacia da mulher vai encorajar e incentivar denúncias, diz Reinaldo

Governador entregou a sede própria da Delegacia de Atendimento à Mulher de Dourados nesta segunda-feira

Richelieu de Carlo e Helio de Freitas, de Dourados
Governador Reinaldo Azambuja (centro) no palanque de inauguração da delegacia. (Foto: Helio de Freitas)Governador Reinaldo Azambuja (centro) no palanque de inauguração da delegacia. (Foto: Helio de Freitas)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) entregou a sede própria da Delegacia de Atendimento à Mulher de Dourados, município a 233 km de Campo Grande, na tarde desta segunda-feira (7), dia em que a Lei Maria da Penha completa 11 anos no Brasil.

"Infelizmente, no Mato Grosso do Sul, ainda temos um grande número de violência contra as mulheres. Neste dia emblemático, entregamos uma estrutura que encoraja as mulheres vítimas de violência a denunciar e utilizar esse espaço para que possa diminuir as estatísticas da violência contra a mulher sul-mato-grossense", avaliou Reinaldo ao fazer a inauguração.

A DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher) vai ampliar o atendimento e ajudar a desafogar os 1.300 inquéritos em andamento com denúncias de violência doméstiva e estupros. Inicialmente, a delegacia não irá funcionar 24 horas, como era previsto, mas o governador promete que vai contratar funcionários atrávés de concurso e atender essa reivindicação.

"Vamos poder dar o atendimento de forma mais adequada, com qualidade, às criança que nos procuram e precisam deste atendimento. Não apenas com atendimento policial, mas todos atendimentos da rede, ou seja, por assistentes sociais e psicólogas", discursou a delegada titular da DAM, Paula Ribeiro dos Santos. Até a mudança para a sede própria, funcionava em prédio alugado, adaptado para funcionar como delegacia.

A DAM possui uma área construída de 466,14 m² com o objetivo de melhorar a qualidade do atendimento oferecido às mulheres vítimas de violência. O prédio foi construído com recursos de R$ 809,1 mil, de emenda parlamentar do deputado federal Geraldo Resende (PSDB).

O Governo do Estado empregou R$ 146,5 mil no projeto, para aquisição de móveis e estrutura. As obras iniciaram em junho de 2014 e foram concluídas em abril de 2017.

Reinaldo também inaugurou o Imol de Dourados. (Foto: Chico Ribeiro)Reinaldo também inaugurou o Imol de Dourados. (Foto: Chico Ribeiro)

Antes de inaugurar a delegacia da mulher, Reinaldo Azambuja visitou o Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) que também foi entregue, após estar em obras desde 2012. O instituto acaba com um problema antiga, segundo o sindicato dos legistas, que antes faziam autópsias em salas empresatadas por funerárias.

Construído no governo anterior, o Imol de Dourados tem 693 metros quadrados, consumiu R$ 1 milhão, mas nunca foi usado por uma série de motivos, como adaptações que precisaram ser feitas na obra e por falta de licenças ambientais.

O diretor do Núcleo de Medicina Legal de Dourados, Guido Vieira Gomes, disse na sexta-feira (4) que ainda falta o transformador para funcionamento do aparelho de Raio-X, mas o Imol já poderá ser usado para necropsias.

"Com dois anos e meio, com o Imol sendo entregue possa atender Dourados e atender toda a região para fazer o trabalho do instituto médico, perícias, todo trabalho que precisa ser feito, e agora tem um lugar exclusivo para isso", conclui Reinaldo.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions