ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  03    CAMPO GRANDE 21º

Interior

Dona de restaurante é encontrada morta e suspeita é de crime de latrocínio

Carro e quantidade em dinheiro que estavam em cofre da vítima foram levados

Por Liniker Ribeiro | 12/07/2020 14:14
Corpo de empresária sendo retirada do local onde crime aconteceu; suspeita é de latrocínio (Foto: Leonardo Cabral/Diário Corumbaense)
Corpo de empresária sendo retirada do local onde crime aconteceu; suspeita é de latrocínio (Foto: Leonardo Cabral/Diário Corumbaense)

Liane de Arruda Darmanceff, de 51 anos, proprietária de um restaurante no município de Corumbá, a 419 quilômetros da Capital, foi encontrada morta por um funcionário, na manhã deste domingo (12). A suspeita é de que a empresária tenha sido roubada e morta a facadas em seguida.

Conforme o site Diário Corumbaense, marcas no pescoço da vítima comprovam os ferimentos. O veículo de Liane, modelo Volkswagen Fox, e uma quantia em dinheiro foram levados.

Foi um funcionário que, ao chegar para trabalhar, estranhou o fato de a patroa não abrir a porta após chamar por ela. A vítima morava sozinha em um anexo ao estabelecimento e, devido à demora de um possível contato, o homem acionou a irmã da empresária.

A dupla então decidiu arrombar a porta, momento em que encontraram o corpo de Liane no quarto dela. Cofre que pertencia a vítima foi encontrado aberto e o cômodo todo revirado.

Ainda segundo o site, uma das câmeras de segurança na parte interna do restaurante foi coberta por uma toalha. O CPU, equipamento onde as imagens eram armazenadas, foi furtado.

Policiais militar e civil estiveram no local, assim como peritos. Conforme o delegado Willian Rodrigues, registros de câmeras de segurança instaladas próximas ao estabelecimento devem ajudar nas investigações. Latrocínio é uma das linhas de investigação.