A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018

03/08/2016 20:28

Dono de fazenda é multado em R$ 100 mil ao desmatar área irregularmente

Nyelder Rodrigues
Madeiras estavam escondidas e são produtos de atividade irregular (Foto: Divulgação PMA)Madeiras estavam escondidas e são produtos de atividade irregular (Foto: Divulgação PMA)

A PMA (Polícia Militar Ambiental) multou em R$ 100 mil um proprietário rural flagrado desmatando e explorando madeira irregular em seis diferentes áreas, além de provocar ilegalmente incêndio, em Coxim - município localizado a 260 km de Campo Grande.

A área onde fica a propriedade é de preservação permanente na região de Jauru. O desmatamento foi medido em GPS pela PMA e totalizou 70 hectares. Dentre as áreas degradadas, havia um acampamento com destruição de 0,7 hectare em matas ciliares de um curso d’água - área de preservação permanente.

O material explorado, resultante da derrubada das árvores sem autorização, envolveu até a retirada de madeira protegida, do tipo aroeira. Foram apreendidos 269 mourões de angico e 68 mourões de aroeira, em um total de 15,3 m³.

Tudo estava escondido em área de vegetação. Também foram incendiadas árvores de até 70 centímetros de diâmetro em leiras resultantes do desmatamento, o que é proibido, mesmo em desmatamentos autorizados pelo órgão ambiental.

Questionado sobre a situação, o infrator apresentou declaração eletrônica do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) para limpeza de pastagem. Entretanto, este tipo de licença só permite a derrubada de arbustos, com circunferência abaixo de 32 centímetros na altura do peito, que é considerada a 1,30 metros de altura da vegetação).

No local, a maior parte das árvores derrubadas atingia 70, 80 e mais de 90 centímetros de diâmetro, o que caracteriza o desmatamento. Assim, as atividades foram interditadas na propriedade e o dono, um rapaz de 25 anos que mora em Campo Grande, multado em R$ 100,3 mil. Ele também responderá por três crimes ambientais.

Mulher diz que esfaqueou marido para se defender de agressões
A mulher de 33 anos, que foi presa nesta quinta-feira (16) depois de esfaquear o marido de 29 anos, alegou que estava sendo agredida e, por isso, se ...
Mulher é presa após esfaquear marido no tórax durante discussão
Uma mulher de 33 anos foi presa pela Policia Militar após esfaquear seu marido, de 39, esta tarde (16) em Nova Andradina, cidade a 300 quilômetros de...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions