A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 26 de Fevereiro de 2017

11/10/2013 14:42

Fiscalização aperta no feriado e polícia prende homem com pescado ilegal

Zana Zaidan
Pescado será doado para instituições filantrópicas de Bonito (Foto: Divulgação)Pescado será doado para instituições filantrópicas de Bonito (Foto: Divulgação)

Ir para a beira do rio pescar é opção de muita gente para esfriar a cabeça no feriado, mas os afoitos para aproveitar o último recesso antes da Piracema, quando a pesca passa a ser proibida, precisam ficar atentos à legislação que regulamenta a atividade em Mato Grosso do Sul, principalmente porque a Polícia Militar Ambiental reforçou a fiscalização.

Hoje, por volta das 5h30, um pescador foi preso em Bonito, a 257 quilômetros de Campo Grande, por estar com exemplares fora da medida determinada para cada espécie.

A PMA abordou um Ford F 1000, e na carroceria foram encontradas duas caixas de isopor com 59 quilos de pescado, que o pescador havia capturado no rio Miranda, com vários exemplares irregulares.

O veículo foi apreendido pela PMA e o pescador, que é de Nova Andradina, recebeu voz de prisão e foi conduzido, à Delegacia de Polícia Civil Bonito, onde foi autuado em flagrante por pesca predatória e recebeu multa de R$ 2 mil.

Ele foi liberado depois de pagar fiança, mas a pena para o crime é de um a três anos de prisão. O pescado será doado a instituições filantrópicas de Bonito depois de periciado.

Fiscalização - A PMA vai contar com efetivo de 345 homens, que vão reforçar o patrulhamento nos rios hoje e amanhã, feriados da divisão do Estado e dia de Nossa Senhora Aparecida, respectivamente. Além disso, outubro é o último mês de pesca aberta, atraindo turistas e a própria população para os rios.

Com o feriado prolongado, a fiscalização será intensificada no intuito de prevenir a pesca predatória. Os comandantes das 25 subunidades empregarão todo o efetivo no trabalho de fiscalização em suas respectivas áreas de atuação.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions