ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, TERÇA  24    CAMPO GRANDE 34º

Interior

Homem flagrado ao agredir e atirar em cachorro é multado em R$ 2 mil pela PMA

Agressões aconteceram em setembro e ontem a PMA recebeu imagens que circulavam nas redes sociais

Por Silvia Frias | 24/10/2020 10:40
Animal está sob os cuidados de dona de sítio, em assentamento de Rio Brilhante (Foto/Divulgação)
Animal está sob os cuidados de dona de sítio, em assentamento de Rio Brilhante (Foto/Divulgação)

A PMA (Polícia Militar Ambiental) multou em R$ 2 mil o homem flagrado ao agredir cachorro e até atirou na direção do animal, em caso ocorrido em Rio Brilhante, a 163 quilômetros de Campo Grande. O homem também está sendo investigado pela Polícia Civil.

As agressões aconteceram no dia 14 de setembro, no assentamento São Judas Tadeu, a cerca de 60 quilômetros de Rio Brilhante e a PMA de Dourados recebeu ontem (23) os vídeos publicados nas redes sociais.

Segundo informações repassadas pela Associação Mundo Animal, o cachorro pertence ao enteado do agressor, que precisou deixar o animal no sítio da mãe enquanto fazia uma obra em casa. No vídeo, é possível ver o homem usar um cinto para ferir o animal e até sacar uma arma e disparar na direção dele.

A equipe da PMA foi até o assentamento e localizou o homem que agrediu o animal. Ele é namorado da dona da casa e o cachorro é do filho dela.

O animal foi encontrado com as patas feridas, mas não foi recolhido por estar sob os cuidados da dona da casa.

Os policiais não encontraram a arma usada para atirar no cachorro e nem o homem disse onde estava. Ele foi levado à Polícia Civil de Rio Brilhante e responderá por crime ambiental e maus-tratos, com pena de três meses a um ano de detenção. Se houver comprovação que houve agressão depois da mudança da lei de maus-tratos a cães (Lei Federal 14064, de 29 de setembro de 2020), a pena subirá para dois a cinco anos de reclusão.


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário