A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

03/05/2016 12:05

Homem que espancou mulher até a morte é preso em propriedade rural

Viviane Oliveira
Djalma foi preso na tarde desta segunda-feira em uma propriedade rural, em Batayporã. (Foto: reprodução/Nova News)Djalma foi preso na tarde desta segunda-feira em uma propriedade rural, em Batayporã. (Foto: reprodução/Nova News)
Andrea foi espancada pelo marido. Ela chegou a ser socorrida, mas não resistiu. (Foto: reprodução/Nova News)Andrea foi espancada pelo marido. Ela chegou a ser socorrida, mas não resistiu. (Foto: reprodução/Nova News)

Acusado de espancar a mulher, causando sua morte, Djalma Marinho Umburana, 47 anos, foi preso na tarde desta segunda-feira (2), em uma propriedade rural em Batayporã, distante 311 quilômetros de Campo Grande.

Ele é acusado de ter espancado a ex-mulher Andrea Regina Moreira Cavalcante, 50 anos, com vários chutes na cabeça, no dia 8 de abril, em Nova Andradina. A mulher ficou seis dias internada em estado grave no Hospital da Vida, onde morreu cinco dias depois, no dia 13 de abril.

Djalma foi preso durante ação conjunta em a Delegacia de Atendimento à Mulher e a Seção de Investigações Gerais da 1ª Delegacia de Nova Andradina, conforme apurou o site Nova News.

Crime bárbaro - No dia 8 de abril, Andrea chegou de táxi na casa de Djalma para pegar alguns pertences. Ela, que já tinha solicitado medida protetiva, foi recebida a chutes na cabeça pelo ex-marido.

Desesperado com a situação, o taxista saiu do local e acionou a Polícia Militar e uma equipe do Corpo de Bombeiros, que socorreu Andrea já em estado grave.

Ela foi levada para o Hospital Regional da cidade, onde recebeu atendimento, mas devido à gravidade foi transferida para Dourados, onde morreu.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions