A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 23 de Junho de 2017

29/08/2011 17:57

Indígena tinha tuberculose e pode ter morrido por insuficiência respiratória

Paula Maciulevicius

Polícia já prendeu três suspeitos de envolvimento na morte

A indígena encontrada morta na manhã de hoje, na aldeia Bororó em Dourados, tinha tuberculose e pode ter morrido por insuficiência respiratória. As informações preliminares do IML apontam que as causas podem ter sido também por intoxicação alcoólica aguda.

Inicialmente o caso estava sendo tratado, como abuso sexual, seguido de assassinato, porque Celina Benites Amarilha, de 38 anos, estava sem as roupas de baixo.

Segundo o site Dourados News, a delegada do caso Andréia Alves Pereria, solicitou juntamente ao IML de Dourados, uma exame para que seja comprovada a violência sexual. A suspeita da delegada, se deu após a Polícia deter três indígenas que podem estar relacionados a morte de Celina.

Os fatos ainda estão sendo apurados pela Polícia.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions