ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, DOMINGO  11    CAMPO GRANDE 26º

Interior

Marinha vai investigar festa lotada promovida por militares

Festa foi encerrada pelo Grupo de Fiscalização Integrada no Centro de Corumbá na sexta-feira.

Por Mirian Machado | 01/03/2021 12:39
Festa promovida por militares foi encerrada no Centro de Corumbá (Divulgação/GFI)
Festa promovida por militares foi encerrada no Centro de Corumbá (Divulgação/GFI)

O 6° Distrito Naval da Marinha em Corumbá, cidade a 419 km de Campo Grande vai investigar uma festa clandestina promovida por três militares da corporação na última sexta-feira (26).

Em nota a Marinha informou que tomou “conhecimento da festa clandestina promovida por militares do Complexo Naval de Ladário e que apura os fatos. Medidas administrativas dentro da esfera disciplinar serão aplicadas”.

O órgão informou ainda que tem disseminado a importância de cumprir os decretos estabelecidos no âmbito municipal e estadual para prevenir o contágio da covid-19, além de promover palestras com o tema desde o início da pandemia, reforçando as medidas sanitárias.

Conforme apurado pelo portal Diário Corumbaense, a festa, que acontecia na Rua Tiradentes no Centro de Corumbá, foi encerrada pelo Grupo de Fiscalização Integrada e pela Guarda Municipal.

A prefeitura e a Polícia Militar realizam a operação “Preavenire” desde quarta-feira (24) para conter as aglomerações e descumprimento do toque de recolher.

 Na sexta-feira (26) o Grupo de Fiscalização Integrada encontrou em frente a casa onde a festa era realizada, grande numero de veículos e muitas pessoas. A fiscalização constatou que quem promovia o evento eram três militares.

Ainda segundo o portal, foi aberto um processo administrativo e ambos foram notificados a se apresentar dentro de cinco dias. O trio pode ainda ser multado em R$ 30 mil pelo descumprimento do decreto.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário