ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEXTA  14    CAMPO GRANDE 29º

Interior

Morador de Douradina é mais um servidor da Saúde morto pela covid em MS

Prefeitura decretou luto de três dias pela morte de Aparecido dos Santos Alexandre, o Cidinho, ocorrida em hospital de Dourados

Por Helio de Freitas, de Dourados | 02/07/2020 11:17
Aparecido dos Santos Alexandre, o Cidinho, morreu na madrugada de hoje (Foto: Divulgação)
Aparecido dos Santos Alexandre, o Cidinho, morreu na madrugada de hoje (Foto: Divulgação)

O coordenador municipal de Vigilância Epidemiológica de Douradina, cidade a 196 km de Campo Grande, é a mais recente vítima da covid-19 entre os servidores da Saúde pública em Mato Grosso do Sul. Ele morreu na madrugada desta quinta-feira (2), no Hospital Evangélico, em Dourados.

Conhecido na cidade como Cidinho Alexandre, o servidor também era o atual presidente do Conselho Municipal de Saúde e integrava o Comitê Permanente de Enfrentamento à Covid-19. A prefeitura decretou luto oficial por três dias no município.

“Mais um dos nossos grandes guerreiros que perdemos nesta guerra sem fim contra o coronavírus! Deixa-nos o exemplo de profissional dedicado e comprometido com a saúde de nossa gente. Que Deus conforte sua família e a todos os amigos”, afirmou o secretário estadual de Saúde Geraldo Resende, em publicação no Facebook.

“Funcionário dedicado e preocupado com a saúde da população de Douradina, Cidinho Alexandre buscava orientar as decisões sobre quando e quais medidas adotar para combater a pandemia. Infelizmente, como um dos profissionais na linha de frente do combate ao novo coronavírus, foi contaminado e após vários dias internado no Hospital Evangélico de Dourados, não resistiu e veio a falecer”, diz a prefeitura, em nota.

Com 5.000 habitantes, Douradina tem 111 casos de coronavírus e ocupa o segundo lugar em incidência, com média de 1.873 casos por cem mil habitantes. Cidinho Alexandre é o primeiro morador da pequena cidade a morrer em decorrência da covid-19.