ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, QUINTA  13    CAMPO GRANDE 22º

Interior

Operação que investiga lavagem de dinheiro prende duas pessoas em MS

Com os presos foram apreendidas uma arma de fogo calibre 38., munições de calibre 9 mm e drogas

Por Ana Beatriz Rodrigues | 27/05/2024 12:57
Os dois presos durante a operação na manhã de hoje (27) (Foto: Diário Corumbaense)
Os dois presos durante a operação na manhã de hoje (27) (Foto: Diário Corumbaense)

A Polícia Civil deflagrou a segunda fase da operação “Cifra Oculta” e realizou o cumprimento de mandados de prisão preventiva contra dois homens de 25 e 27 anos, em Ladário, município que fica a 426 km de Campo Grande.

Segundo informações divulgadas, os dois alvos tinham mandados de prisão pelos crimes de tráfico de drogas, organização criminosa, porte ilegal de arma de fogo e lavagem de dinheiro. As prisões ocorreram na região do Guanabara e Loteamento Pantanal, parte alta de Corumbá.

Na segunda fase da operação, além do cumprimento das prisões, com o intuito de comprovar a lavagem de capitais, também serão analisadas movimentações bancárias atípicas, conforme deferimento pelo Poder Judiciário acerca do afastamento do sigilo bancário dos investigados.

Com os presos foram apreendidas uma arma de fogo calibre 38., munições de calibre 9 mm, drogas, apetrechos para o preparo da droga e outros itens possivelmente usados em crimes.

Por fim, após a prisão, os autores foram encaminhados até a Unidade Policial para as providências legais, onde permanecerá à disposição da Justiça. A investigação ainda prosseguirá para apurar toda a dinâmica dos crimes.

A operação tem como objetivo desarticular organização criminosa voltada para a distribuição de entorpecentes tanto na região de Corumbá e Ladário, e que investiga a lavagem de dinheiro existente dentro dessa organização, tendo em vista a incompatibilidade entre a renda dos investigados e o seu padrão de vida elevado.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias