ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUINTA  27    CAMPO GRANDE 26º

Interior

Piloto coruembaense será velado e cremado no Rio de Janeiro

Gustavo pilotava um avião bimotor quando desapareceu em alto mar na noite de quarta-feira (24)

Por Mirian Machado | 26/11/2021 17:58
(Primeiras peças encontradas da aeronave após queda em alto mar. (Divulgação)
(Primeiras peças encontradas da aeronave após queda em alto mar. (Divulgação)

O corpo do piloto da aeronave bimotor, Gustavo Carneiro, de 27 anos, será velado e cremado na tarde deste sábado (27) no Rio de Janeiro. O corpo da vítima estava a 16 quilômetros da costa, perto de onde estavam alguns destroços do avião.

Gustavo pilotava o avião, onde estavam o copiloto dono da aeronave José Porfírio de Brito Júnior, de 20 anos, e o tripulante Sergio Alves Dias Filho, ambos continuam desaparecidos.

No inicio desta noite uma missa foi realizada por Gustavo na Paróquia São Domingos de Gusmão, no Bairro Tijuca, no Rio e foi transferida pelo youtube a familiares e amigos.

Informações sobre velório de Gustavo foi publicada por amigo. (Foto: Redes Sociais)
Informações sobre velório de Gustavo foi publicada por amigo. (Foto: Redes Sociais)

Segundo publicou nas redes sociais um amigo de Gustavo, o velório ocorrerá às 14h e a cremação às 15h no Cemitério da Penitência em Caju,também no Rio de Janeiro. Também da área da aviação, o colega postou homenagem ao piloto corumbaense. "Quando um de nós sai da rota, todos sentimos. Vá em paz, voe pelo mais alto céu claro e calmo meu amigo".

Acidente aéreo- O voo saiu às 19h30 (MS) de quarta-feira (24) de Campinas com destino ao Aeroporto de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

A suspeita é que o avião teve problema em um dos motores e o piloto tentou um pouso forçado, sem sucesso. Apesar de estar em situação regular, a aeronave não tinha autorização para a realização de táxi aéreo, ainda conforme o Jornal da Band.

A Força Aérea Brasileira iniciou as buscas pela aeronave às 04h15 de ontem (25), com um helicóptero H-36 Caracal do 3°/8° GAV.

Foi utilizado óculos de visão noturna para viabilizar as buscas. Os destroços da aeronave desaparecida foram localizados às 06h35 de quinta-feira.

Gustavo Carneiro se mudou com a família para Corumbá (MS) quando tinha 5 meses de vida e amava a área da aviação. (Foto: Redes Sociais)
Gustavo Carneiro se mudou com a família para Corumbá (MS) quando tinha 5 meses de vida e amava a área da aviação. (Foto: Redes Sociais)

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário