A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 21 de Agosto de 2019

10/04/2019 10:23

Polícia investiga adolescente suspeito de planejar ataque à escola

Agentes da Polícia Civil cumpriram mandado de busca nesta manhã na casa do adolescente e apreenderam faca e celular

Helio de Freitas, de Dourados
Celular, canivete e faca artesanal feita com cabo de estilete apreendidos na casa do adolescente (Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News)Celular, canivete e faca artesanal feita com cabo de estilete apreendidos na casa do adolescente (Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News)

A polícia está monitorando um adolescente de 17 anos de Dourados, a 233 km de Campo Grande, após identificar potencial dele para um possível ataque contra colegas e professores da escola pública onde estuda.

Nesta quarta-feira (10), uma equipe do SIG (Serviço de Investigações Gerais) cumpriu mandado de busca na casa do estudante e apreendeu o celular dele, um canivete e uma “faca oculta”, feita pelo próprio adolescente usando um cabo de estilete de cortar papel. No nome da escola e o bairro onde o rapaz moram não foram revelados.

A polícia informou que não vai se manifestar sobre o caso, para preservar o estudante. Entretanto, a reportagem apurou que os policiais passaram a monitorar o adolescente após serem alertados por outros alunos da escola.

Aos policiais que foram à sua casa, o adolescente disse que aprendeu a fabricar a faca artesanal na internet. A família do estudante foi orientada, mas ele não chegou a ser levado à delegacia para depoimento.

O estudante fazia parte de grupos em redes sociais que idolatravam os autores dos atentados de Columbine, que deixou 15 mortos nos Estados Unidos em 1999, e à escola de Suzano (SP), no mês passado, quando dez pessoas morreram. O massacre na escola paulista foi feito por um adolescente de 17 anos e um adulto de 25. Os dois também morreram.

Segundo apurado pela reportagem, ate agora só foi identificado o potencial do adolescente para um possível ataque devido a seu comportamento. Agora a polícia vai investigar o caso. O celular será periciado para acesso aos dados.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions