ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEGUNDA  06    CAMPO GRANDE 29º

Interior

Prefeitura mantém toque de recolher ampliado e cobra mais isolamento

Assessor do gabinete disse que Dourados precisa atingir pelo menos 50% de isolamento social para medida ser flexibilizada

Por Helio de Freitas, de Dourados | 05/06/2020 11:31
Pessoas na rua no centro de Dourados nesta sexta-feira (Foto: Eliel Oliveira)
Pessoas na rua no centro de Dourados nesta sexta-feira (Foto: Eliel Oliveira)

O toque de recolher por causa da pandemia do novo coronavírus vai continuar das 20h às 5h em Dourados, a 233 km de Campo Grande. O comunicado foi feito nesta sexta-feira (5) pelo assessor especial da prefeitura Alexandre Mantovani, que representa a prefeita Délia Razuk (PTB) no Comitê de Gerenciamento de Crise da Covid-19.

Em transmissão ao vivo pela página da prefeitura no Facebook, Mantovani afirmou que, por orientação de especialistas em saúde pública que fazem parte do comitê, a prefeita decidiu manter o toque de recolher ampliado. Nesta sexta-feira, Dourados chegou a 446 casos confirmados de coronavírus, primeira colocada no ranking estadual e responsável por 22,3% de todos os casos positivos em Mato Grosso do Sul.

No dia 25 de maio, quando ampliou o toque de recolher em duas horas (antes ia das 22h às 5h), a prefeita informou que em dez dias avaliaria a situação da pandemia no município. De acordo com Mantovani, o conselho dos especialistas é que o horário obrigatório para recolhimento domiciliar seja mantido por enquanto. Dourados tem atualmente 21 pessoas com covid-19 internadas – 15 em leitos de enfermaria e 6 em leitos de UTI.

Conforme o assessor da prefeita, uma das condições para o toque de recolher ser flexibilizado é a população douradense atingir pelo menos 50% de isolamento social. Atualmente, 44% das pessoas, em média, ficam em casa.