ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, DOMINGO  16    CAMPO GRANDE 24º

Interior

Jovem é preso depois de matar outro a facadas por causa de bateria veicular

Assassino confessou crime e disse que matou porque Claudenilson era ladrão, crime aconteceu no sábado

Por Ana Oshiro | 07/12/2021 09:02
Faca utilizada em assassinato foi apreendida pela polícia. (Foto: Divulgação/PCMS)
Faca utilizada em assassinato foi apreendida pela polícia. (Foto: Divulgação/PCMS)

Rafael Cohene Moreira, de 23 anos, foi preso em flagrante suspeito de matar Claudenilson Campo Gregório, de 24 anos, na madrugada do último sábado (4), em Dourados, a 251 km de Campo Grande.

Depois de 48 horas da morte de Claudenilson, o assassino confesso foi preso em flagrante e detalhou a dinâmica do crime nesta segunda-feira (6). Rafael contou aos policiais que matou, porque Claudenilson era um ladrão que sempre roubava e fugia sem responder pelos crimes.

De acordo com a Polícia Civil, a prisão de Rafael foi possível graças aos depoimentos dos vizinhos da vítima, que contaram que o jovem era temido na região e suspeito de outro homicídio.

O crime - Claudenilson foi morto com uma facada no tórax, ele chegou a ser socorrido para um hospital, mas não resistiu ao ferimento. No dia do crime, testemunhas contaram que a vítima e o autor estavam em um bar e discutiram por causa de uma bateria veicular. Claudenilson foi embora para casa, na Comunidade Vitório, mas foi seguido por Rafael, que deu o golpe de faca. A arma do crime foi localizada e apreendida pela polícia.

Perícia no bar onde briga aconteceu antes de jovem ser assassinado. (Foto: Divulgação/PCMS)
Perícia no bar onde briga aconteceu antes de jovem ser assassinado. (Foto: Divulgação/PCMS)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário