ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, DOMINGO  25    CAMPO GRANDE 31º

Interior

Previsão é que velório de jovem de MS que morreu em show comece nesta segunda

Corpo de Ana Clara será velado em Sonora e sepultado em Pedro Gomes

Por Bruna Marques e Sidney Assis | 19/11/2023 09:18
Ana Clara Benevides, de 23 anos, em foto publicada nas redes sociais (Foto: Arquivo pessoal)
Ana Clara Benevides, de 23 anos, em foto publicada nas redes sociais (Foto: Arquivo pessoal)

O IML (Instituto Médico Legal) já liberou o corpo da jovem Ana Clara Benevides, de 23 anos, que morreu durante o show da cantora norte-americana Taylor Swift, no Rio de Janeiro (RJ). A estudante deve ser velada nesta segunda-feira (20), em Sonora, distante 362 quilômetros de Campo Grande.

Conforme apurado pelo Campo Grande News, o pai de Ana Clara, José Weiny Machado, 53 anos, é que está na capital carioca cuidando dos trâmites para trazer a jovem para Mato Grosso do Sul. O corpo da estudante deve chegar no Aeroporto Internacional de Campo Grande, por volta das 18h de amanhã.

Um carro da funerária de Sonora estará no local aguardando para fazer o translado do corpo até a cidade de Sonora, cidade natal da jovem. O velório será na câmara municipal do município. O sepultamento será em Pedro Gomes.

O IML elaborou, na tarde deste sábado (18), um laudo preliminar para entender o que levou à morte de Ana Clara Benevides. De acordo com o texto, a jovem não apresentava sinais de qualquer doença infectocontagiosa.

O perito Reginaldo Franklin Pereira, que assina o documento, solicitou a realização de exames laboratoriais para entender o que aconteceu com Ana Clara na noite de sexta-feira (17).

À imprensa, a Secretaria Municipal de Saúde afirmou que a estudante de Psicologia sofreu uma parada cardiorrespiratória, chegou a ser socorrida ainda no local do concerto, o Estádio Nilton Santos, e deu entrada em uma unidade de pronto atendimento médico às 20h50 (horário de Brasília), onde foi constatada a morte.

O caso - Ana Clara morreu durante o show da cantora norte-americana Taylor Swift, realizado na noite desta sexta-feira (17), no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ).

De acordo com informações preliminares, a vítima assistiu ao início da apresentação, desmaiou e teve uma parada cardiorrespiratória. Ela foi socorrida e enviada para o Hospital Municipal Salgado Filho, mas não resistiu. Segundo amigos próximos, ela estava no local desde as 11h.

Ana Clara estudava na UFR (Universidade Federal de Rondonópolis), localizada no Mato Grosso, onde era bastante popular por fazer parte da organização de eventos de atléticas. Na maioria das postagens, os colegas falam dos anos de espera da estudante para o dia do show da "loirinha" e da paixão de Ana pela cantora. A vontade de ver Taylor de perto fez com que a fã se esforçasse para ficar perto da grade, onde passou mal.

Segundo o jornal Folha de São Paulo, pelo menos mil pessoas passaram mal em decorrência do calor no espaço, que registrou sensação térmica próxima a 60ºC. A entrada de garrafas de água, assim como outros recipientes, foi proibida pela organização.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias