A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 21 de Novembro de 2017

15/03/2015 11:48

Protestos começam no interior e grupo vem de Sidrolândia apoiar ato na Capital

Caroline Maldonado
Maçonaria participou de ato em Nova Andradina (Foto: Jornal da Nova)Maçonaria participou de ato em Nova Andradina (Foto: Jornal da Nova)

Manifestação contra a corrupção e o Governo Federal reuniu centenas de pessoas nessa manhã em Nova Andradina, a 300 quilômetros de Campo Grande. Moradores e representantes de entidades chegaram as 7h40, na avenida Antônio Joaquim de Moura Andrade com a Rua José Domingos e seguiram até o obelisco. Em Dourados, a 233 quilômetros de Campo Grande, a manifestação contra a corrupção deve começar as 15h. Coxim, a 260 quilômetros da Capital, teve protesto realizado pelas Lojas Maçônicas, durante a manhã.

Em Sidrolândia, um grupo denominado “Beijas Flores em Ação” fará o protesto a partir das 12h na praça Central e seguirá para Campo Grande, a 71 quilômetros do município. Na Capital, eles pretendem se unir a manifestação programada para as 16h, conforme o jornal Sidrolândia News. 

Segundo o Jornal da Nova, apoiaram o movimento em Nova Andradina, a 7ª Subseção da OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil); além do Sinconova (Sindicato do Comercio Varejista de Nova Andradina), Acina (Associação Comercial e Industrial de Nova Andradina), Rotary’s e unidades da Maçonaria do município.

Os manifestantes usavam roupas nas cores verde e amarelo e os maçons vestiram terno preto, com faixas nas cores do Brasil nos braços. A tarde haverá outro protesto na região, dessa vez em Bataguassu. A mobilização está prevista para as 16h.

Em Dourados, o protesto vai começar na Praça Antônio João, conforme o jornal Dourados Agora. A pessoas sairão em marcha pela avenida Marcelino Pires e a Polícia Militar acompanhará o trajeto.

O comandante da Polícia Militar, tenente coronel Carlos Silva, informou ao jornal que a equipe terá apoio da tropa de choque e só será mobilizada em caso de tumulto. Ele assegurou que os policiais vão apoiar a manifestação. Serão 130 policiais militares, sendo que 60% deles estarão desarmados. A Aced (Associação Comercial de Dourados) confeccionou adesivos com a frase “Mais Brasil, menos impostos” para a distribuir no local.

Em Coxim, as Lojas Maçônicas realizaram uma passeata e carreata com cerca de cem pessoas. Eles saíram da Praça da Concha Acústica e terminaram o ato na Feira do Produtor, segundo o jornal Coxim Agora.

Com o slogan “Um País Mudo não Muda”, o ato teve ainda representantes da ACIAC (Associação Comercial e Agropastoril de Coxim) e Sindicato Rural Patronal de Coxim. Outra manifestação no município está marcada para as 15h de hoje (15). O movimento, organizado pelas redes sociais, está previsto para começar na Praça da Acústica, na região central da cidade.

Em Coxim, as Lojas Maçônicas realizaram uma passeata e carreata com cerca de cem pessoas (Foto: Coxim Agora)Em Coxim, as Lojas Maçônicas realizaram uma passeata e carreata com cerca de cem pessoas (Foto: Coxim Agora)
Grupo de Sidrolândia virá a Capital depois de protestar no município (Foto: Sidrolândia News)Grupo de Sidrolândia virá a Capital depois de protestar no município (Foto: Sidrolândia News)
Brasileiro é morto a tiros em estrada vicinal de Pedro Juan Caballero
O brasileiro identificado como Fabio Pedrosa Gomes de Araujo foi encontrado morto, na noite de ontem (20), em uma estrada vicinal do país vizinho, o ...
Homem de 41 anos é morto a facadas por desentediamento com amigo
Roberto Dias de Oliveira, 41, morreu na noite de ontem (20) após ser esfaqueado por um colega, de 45 anos, durante uma briga. Caso aconteceu por volt...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions