A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 23 de Junho de 2017

14/06/2014 12:24

Sem aceitar fim da relação, homem usa máquina de choque para torturar ex-mulher

Aliny Mary Dias

Uma jovem de 22 anos foi vítima de uma sessão de tortura provocada pelo ex-marido revoltado com o fim do relacionamento. O caso ocorreu no fim da noite de ontem (13), no bairro São Luiz em Aparecida do Taboado, distante 481 quilômetros da Capital.

De acordo com o registro da ocorrência, Alessandro Aparecido Ricardo, 30 anos, viveu durante 6 anos com a jovem, mas ela decidiu pôr fim ao casamento em razão do uso excessivo de bebidas alcoólicas.

Na noite de ontem, o homem trancou a jovem na casa dela e a agrediu com socos e ainda tentou enforcá-la. O mais grave do caso foi o uso de máquina de choques para ferir a ex-mulher. A jovem disse ainda à polícia que as agressões são constantes, mas em razão do medo, a vítima nunca denunciou.

O caso foi registrado como lesão corporal dolosa na delegacia de polícia da cidade e será apurado pela Polícia Civil.

Justiça dá 45 dias para INSS realize perícias médicas em cidades do MS
O INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) terá que realizar perícias médicas obrigatória para a concessão de benefícios previdenciária em no m...
Homem fica em estado grave ao atirar na ex-mulher e tentar se matar
Um homem de 50 anos tentou se matar, atirando na própria cabeça após disparar tiros contra a sua ex-mulher, de 46 anos. O caso aconteceu em Laguna Ca...



O duro é que depois que a pessoa denuncia, o cara fica 3 dias preso e é solto, aí vai e acaba agredindo de forma mais violenta ou até mesmo mata a pessoa, tem que deixar preso no minimo 6 meses, pra dar tempo de esfriar a cabeça e tomar uns corretivos na cadeia.
 
maximiliano rodrigo antonio nahas em 16/06/2014 08:42:54
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions