A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 19 de Agosto de 2019

02/05/2019 19:01

Vereadora presa em operação pode ter mandato cassado na terça-feira

Denize Portollan (PR) é acusada de participar de esquema de corrupção no setor de licitação da prefeitura de Dourados, quando ela ocupava o cargo de secretária municipal de educação

Adriano Fernandes
Denize Portollan (PR) chegou a ficar presa por cinco meses. (Foto: Reprodução/Facebook) Denize Portollan (PR) chegou a ficar presa por cinco meses. (Foto: Reprodução/Facebook)

Foi marcada para a próxima terça-feira (07), sessão na Câmara Municipal de Dourados que pode resultar na cassação do mandato da vereadora afastada Denize Portollan (PR). Portollan é acusada de participar de esquema de corrupção no setor de licitação da prefeitura de Dourados, investigado na Operação Pregão da Polícia Federal.

A Comissão Processante que investiga quebra de decoro parlamentar da vereadora é formada pelo presidente Romualdo Ramin (PDT), o relator Maurício Lemes (PSB) e o membro Bebeto (PR).O relatório final dessa Comissão foi protocolado na secretaria da Câmara e concluiu pela perda do mandato.

Na sessão, marcada para às 17h de terça-feira, o plenário da Câmara irá julgar o relatório final. Em voto aberto, cada vereador deverá escolher pela cassação ou pelo arquivamento do caso, conforme o Diário MS.

Prisão – Presa no dia 31 de outubro do ano passado na Operação Pregão, Denize passou quase cinco meses na cadeia, acusada de envolvimento em esquema de corrupção, quando ela ocupava o cargo de secretária municipal de educação.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions