A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017

27/07/2009 15:32

Jovem se apresenta após acidente entre Pálio e Gol

Redação

Neuotoni Fernandes da Costa, 27 anos, se apresentou na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) dia 10 de julho, doze dias após o acidente entre o Pálio que conduzia contra o Gol ocupado por quatro jovens. A colisão ocorreu no cruzamento das Ruas Rui Barbosa e Cândido Mariano, no Centro de Campo Grande, dia 28 de junho.

Um dos ocupantes do Gol, Tarles Leone da Silva Escobar, 20 anos, morreu ontem à noite na Santa Casa de Campo Grande. Já os outros jovens, Igor Rafael Moraes de Mello, 22 anos, e William Régis de Azevedo, 20 anos, ficaram feridos devido ao acidente. Lílian de Azevedo, 27 anos, que estava com os rapazes saiu ilesa.

Na ocasião do acidente, a Polícia divulgou que o motorista do Pálio fugiu do local do acidente. No entanto, ele entrou em contato com a reportagem do Campo Grande News e disse que se apresentaria à Polícia dia 02 de julho.

Entretanto, somente na semana seguinte ele prestou depoimento Polícia Civil, e alegou que não deixou o local. Ele ressaltou que prestou socorro à esposa, que ficou presa nas ferragens.

Costa também destacou que seguia pela Rua Rui Barbosa e, ao passar pelo cruzamento com a Marechal Rondon, foi atingido pelo Gol. Ele afirmou que o sinal estava verde quando passou pelo local.

De acordo com o delegado responsável pela investigação, Dimitri Erick Palermo, hoje foi instaurado inquérito para apurar homicídio culposo, aquele no qual não há a intenção de matar. Se forem comprovados indícios de culpa, Costa poderá ser indiciado.

"Se a investigação apontar que houve imprudência, imperícia ou negligência", explica o delegado. O prazo inicial para a conclusão do inquérito é de 30 dias, que podem ser prorrogados.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions