A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

02/10/2009 12:41

Juíza desapropria e garante abertura de avenida do Lagoa

Redação

A juíza da 6ª Vara de Fazenda Pública, Maria Isabel de Matos Rocha, acatou pedido da Prefeitura de Campo Grande e determinou a imissão de posse provisória de propriedades de 36 pessoas e empresas. Com a decisão, o município dará início à obra de abertura e pavimentação da avenida marginal do Córrego Lagoa, entre a Avenida Duque de Caxias e o Jardim Batistão.

O prefeito Nelsinho Trad (PMDB) declarou os lotes e propriedades, incluindo-se parte da Fazenda Imbirussú, de utilidade pública em 3 de março deste ano. Como não houve acordo para o pagamento da indenização, o pedido de desapropriação foi feito à Justiça, que determinou a imissão de posse.

O perito Vinicius Coutinho receberá R$ 50 mil para avaliar os imóveis e confirmar se a indenização de R$ 843.027,07, oferecida pela prefeitura, é justa. No entanto, os donos dos imóveis já poderão sacar 80% do valor até o julgamento do mérito da ação de desapropriação apresentada pelo procurador do município, Ernesto Borges Neto, no dia 25 de setembro.

PAC

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions