A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Outubro de 2017

13/07/2009 15:19

Justiça libera Sizuo Uemura, dois filhos e funcionário

Redação

O TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) concedeu o habeas corpus ao empresário Sizuo Uemura, acusado de ser o coordenador de uma organização criminosa para corromper servidores públicos e fraudas licitações em Dourados e Ponta Porã. O suposto esquema, desvendado na Operação Owari pela Polícia Federal, teria causado rombo de R$ 20 milhões aos cofres públicos.

Além de Uemura, o desembargador Claudionor Miguel Abss Duarte determinou a soltura dos filhos do empresário, Sizuo Uemura Júnior e Eduardo Uemura, e o funcionário Ernani Roberto de Assis, o Polaco.

No entanto, devido ao indiciamento por porte ilegal de arma, o funcionário continua detido. A pedido da defesa, o pedido de habeas corpus tramita em segredo de Justiça.

O empresário é acusado de liderar um grupo formado por secretários municipais, vereadores, vice-prefeitos e funcionários públicos de prefeituras da região sul do Estado. A Polícia Federal chegou a prender 42 pessoas, acusadas de fraudar licitações e manter um esquema de corrupção nos últimos 40 anos em Dourados e região.

O empresário, que seria dono de um patrimônio milionário em Dourados, os filhos e o funcionário estavam detidos no Presídio Harry Amorin Costa, desde a terça-feira passada.

Decreto permite que morte cerebral seja atestada sem neurologista
O presidente Michel Temer assinou hoje (18) decreto que altera o Sistema Nacional de Transplantes (SNT). O novo texto retira a possibilidade de conse...
Procuradores do Estado terão auxílios que chegam a 60% dos salários
O Governo de Mato Grosso do Sul regulamentou em seu Diário Oficial, desta quarta-feira, dia 18, o auxílio-transporte, alimentação e de saúde dos Proc...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions