A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

01/03/2012 14:34

Mato Grosso do Sul é o oitavo melhor na qualidade de serviços do SUS

Wendell Reis

Estado conseguiu avaliação 5,64 em uma escala de 0 a 10

Avaliação de Mato Grosso do Sul foi superior a média nacional(Foto: João Garrigó)Avaliação de Mato Grosso do Sul foi superior a média nacional(Foto: João Garrigó)

O Ministério da Saúde divulgou nesta quinta-feira (1º) uma pesquisa para medir o índice de desempenho do SUS (Sistema Único de Saúde). O estudo, chamado de Idsus ( Índice de Desempenho do SUS) revelou que o Mato Grosso do Sul tem a oitava melhor avaliação do País com relação a qualidade de serviços do SUS.

A pesquisa avalia o atendimento em todos os estados, de acordo com uma escala de 0 a 10. Nesta avaliação, o Mato Grosso do Sul conquistou 5,64 pontos. A média do Estado ficou acima da média nacional, que teve avaliação de 5,47.

Entre os 24 indicadores utilizados na pesquisa estão a quantidade de exame preventivo de câncer de mama em mulheres de 50 a 69 anos, cura de casos de tuberculose e hanseníase, número de mortes de crianças em unidade de terapia intensiva e número de transplantes de órgãos. Os pesquisadores levaram em conta a estrutura disponível e a condição econômica dos municípios.

O estudo inicial revelou que o brasileiro ainda enfrenta muita dificuldade para conseguir uma consulta ou exame na rede pública, prejudicando a média nacional. Já no quesito qualidade, o problema maior foi no atendimento hospitalar, que segundo o estudo, está inferior ao dos postos de saúde.

O Idsus será calculado a cada três anos. O estado melhor qualificado foi Santa Catarina, com média 6,29, seguido pelo Paraná, 6,23 e Rio Grande do Sul, 5,9.



Que piada !!!
 
Hilton James em 02/03/2012 12:12:46
Imagina a qualidade dos que ficaram pra trás!
 
Mauro Pereira em 02/03/2012 08:36:44
NÃO INTERESSA SER 8º, PARA DEUS E O POVO, PRIMEIRO SERIA E É O NECESSÁRIO, POIS TEMOS UM GOVERNADOR MÉDICO, UM PREFEITO MÉDICO EM CAMPO GRANDE, SIGNIFICA QUE A SAÚDE TERIA QUE SER EM PRIMEIRO, POIS QUEM NÃO CUIDA DA SUA PROFISSÃO, IMAGINE AS DEMAIS, GANHAM MUITÍSSIMO BEM PARA ISSO, MS, TERÁ QUE SER O MELHOR, QUE DEUS ABENÇÕEM.
 
PEDRO BRAGA em 02/03/2012 08:12:42
Como eu disse no quadro acima, a EDUCAÇÃO cabe para todos, tanto os pacientes como para os médicos e atendentes do posto e a lei infelizmente predomina para o lado mais fraco (PACIENTES), muitas vezes se o paciente falta com respeito com certeza ele foi mal atendido, alguma coisa faltou, ninguém suporta mais tanta falta de lei em nosso BRASIL, temos que ficar engolindo tudo de ruim que existe...
 
Sandra Regina Alves Ferreira em 01/03/2012 10:40:41
Eu também fico triste quando falam que ficou em 8º lugar achando isso uma vitória, pois só quem precisa de atendimento nos postos de saúde sabe o que é, lógico não serei hipócrita em dizer que não teve melhoras, reconheço que em algum aspecto melhorou sim.O que estamos precisando é de fiscalização nesses atendimentos, pois a EDUCAÇÃO vale para ambas as partes, para o paciente e para o atendente.
 
Sandra Regina Alves Ferreira em 01/03/2012 10:37:15
Esta colocação é péssima! O oitavo lugar está longe de ser considerada uma boa colocação quando se trata de saúde. Porque alguns se revoltam quando seus times de futebol ficam em segundo ou terceiro lugar enquanto a SAUDE senhores, está em 8º????? Se somos cidadãos de bem e presamos pelos nossos interesses, ainda que não tenhamos a necessidade dos serviços do SUS, ñ podemos nos contentar!
 
Priscila Duarte em 01/03/2012 08:19:48
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions