A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

11/01/2008 07:58

Ministério descartou risco de epidemia de febre amarela

Redação

O Ministério da Saúde descartou o risco do país sofrer uma epidemia de febre amarela. Conforme o médico infectologista Rivaldo Venâncio, membro do comitê técnico da dengue e febre amarela, os especialistas chegaram a esta conclusão em uma reunião realizada ontem.

"O ministro queria saber sobre os riscos da febre amarela no Brasil. E de forma unânime, o comitê apontou que não o menor risco de uma epidemia, como nos moldes da dengue". A tese do comitê se sustenta no fato da vacina ser eficiente e considerar improvável que o vírus seja transmitido, em ambiente urbano, de mosquitos Aedes aegypti (transmissor da dengue) para humanos.

Segundo o médico, um especialista em mosquito e transmissão de doenças apresentou modelos matemáticos sobre a questão. Na reunião de ontem, também foi descartada a vacinação em massa. "

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions