A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

15/04/2015 23:41

Mochi defende integração na posse da nova diretoria do Codesul

Daniel Machado
O deputado destacou a integração dos Estados como forma de impulsionar o desenvolvimento e garantir fortalecimento de interesses comuns. (Foto: Wagner Guimarães)O deputado destacou a integração dos Estados como forma de impulsionar o desenvolvimento e garantir fortalecimento de interesses comuns. (Foto: Wagner Guimarães)

Ao participar da posse da nova diretoria do Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (Codesul), o presidente da Assembleia de Mato Grosso do Sul, Junior Mochi (PMDB), destacou a integração dos Estados como forma de impulsionar o desenvolvimento e garantir fortalecimento de interesses comuns.

O evento reuniu os governos dos Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Mato Grosso do Sul para tratar de pautas como a revisão do pacto federativo, a dívida dos estados, a não-oneração das finanças estaduais, a redução a zero da contribuição de Estados e Municípios para o Pasep, a Lei Kandir e o Fomento das Exportações (FEX).

“A Assembleia apoia este momento que gera integração, buscando resolver problemas em comuns e ainda propor ações que possam possibilitar o desenvolvimento dos nossos Estados. Isso é extremamente positivo. São pautas comuns que você reforça a reivindicação juntando força politica”, explicou. Os parlamentares Rinaldo Modesto (PSDB) e Mara Caseiro (PTdoB) também estiveram presentes na cerimônia.

Junior Mochi ressaltou que neste momento em que Estados e Municípios passam por dificuldades financeiras é fundamental a revisão do pacto federativo. “É inadmissível um país onde você tenha uma concentração excessiva de recursos na mão da União e uma sobrecarga de obrigações nas costas dos Estados e Municípios. Então é preciso que se tenham mudanças no aspecto da distribuição dos recursos arrecadados. Esta é a pauta mais importante”, destacou.

O presidente da Assembleia lembrou que também está dialogando com as demais Casas Legislativas para resolver questões em comum como a convalidação dos incentivos fiscais e o fim da unanimidade do Conselho Nacional de Politica Fazendária (Confaz).

Nesta semana, Junior Mochi recebeu a visita do presidente da Assembleia Legislativa do Mato Grosso, Guilherme Maluf, para estreitar relações entre os Legislativos “Decidimos que as Assembleias devem também propor pautas comuns. Do apoio as ações e outras de interesse comuns, como a reforma politica. Os Legislativos estaduais tem que se colocar também como protagonistas, pois representam a população”, encerrou.

Com informações da Assessoria de Comunicação da ALMS.

Temer veta projeto sobre negociação coletiva no serviço público
O presidente Michel Temer vetou integralmente o Projeto de Lei nº 3.831/15, aprovado pelo Congresso Nacional, que estabelecia normas para a negociaçã...
UFMS divulga edital do vestibular para ingresso em cursos de graduação
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) divulgou, nesta segunda-feira (18), edital do processo seletivo do vestibular para ingresso em cu...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions