A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2019

23/06/2010 15:10

Moradia e transporte lideram gastos de famílias de MS

Redação

No orçamento mensal das famílias de Mato Grosso do Sul, a moradia e o deslocamento pelas cidades representam os maiores gastos. A moradia ocupa 36,2% do orçamento, enquanto o transporte 20,8%. Cultura e educação, na outra ponta, têm um dos menores gastos, que não chegam a 3% do orçamento.

A constatação é da Pesquisa de Orçamentos Familiares 2008-2009 e foram divulgados hoje pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Segundo os dados, a renda média das famílias sul-mato-grossenses era de R$ 2.637,66 quando a pesquisa foi feita. Na maior parte dos casos, essa renda vem do trabalho assalariado, com 64,7%. A segunda principal fonte de renda é a chamada transferência, categoria que inclui as pensões, benefícios previdenciários e de programas sociais, com 14,7%.

Na distribuição dessas despesas, primeiro está a habitação, depois o transporte, e na sequência a alimentação, com 18,9%. As outras despesas consideradas sã assistência à saúde (que representa 7,2% dos gastos mensais da), higiene e cuidados especiais (2,7%), educação (2,6%), recreação e cultura (1,7%), serviços pessoais (1,1%), despesas diversas (3%), além de fumo, com 0,4%.

Nesse último quesito, um dado positivo para Mato Grosso do Sul. Em relação ao restante do País, é a segunda menor proporção de gasto com o tabagismo, com um valor médio de R$ 7,35.

No gasto com impostos, porém, o Estado tem a quarta maior despesa familiar do País, com R$ 282,47 mensais,

Já a destinação de recursos para a alimentação em Mato Grosso do Sul tem o oitavo menor valor do país por mês. A média de gastos é de R$ 368,15.

Comparação - No cômputo total, as famílias de Mato Grosso do Sul gastam, em média, R$ 2.459, para se manter, o décimo maior valor do País. O mais alto é no distrito federal, com R$ 3.963,00, e o mais baixo é em Alagoas, com R$ 1,223,94. A média nacional é de R$ 2.626,31

A pesquisa foi realizada entre 19 de maio de 2008 e 18 de maio de 2009, em 2.247 domicílios de Mato Grosso do Sul, cada um deles considerado uma "unidade de consumo" para efeitos de cálculo da média.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions