A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

14/10/2016 15:47

MS é o 10º melhor do Brasil em condições de saúde, aponta estudo

Anny Malagolini
Taxa de mortalidade infantil também é  em MS é uma das menores do país (Foto: Arquivo)Taxa de mortalidade infantil também é em MS é uma das menores do país (Foto: Arquivo)

Ranking elaborado pela consultoria Macroplan cruzou informações de mortalidade infantil e expectativa de vida nos 26 estados e Distrito Federal, colocando Mato Grosso do Sul como o 10º Estado brasileiro que oferece as melhores condições de saúde à sua população. 

O estudo prevê que quanto mais próximo de 1, melhor é o desempenho do local. Sendo assim, Mato Grosso do Sul, que teve o índice de 0,757, alcançou a 10ª posição, enquanto Santa Catarina encabeça o ranking com a nota igual a 1. Os menores resultados foram verificados em Roraima (0,329), Maranhão (0,460) e Piauí (0,489).

A esperança de vida do sul-mato-grossense também é uma das maiores do país, de 75 anos. O lugar do Brasil que se vive mais é em Santa Catarina, média de 78,4 anos. Seguida pelo Distrito Federal, 77,6 anos, e Espírito Santo, 77,5 anos.

No País, o brasileiro nasce com expectativa de viver até os 75 anos e dois meses, abaixo por exemplo, do índice da no Chile, de 81,2 anos. O Estado que registrou a menor expectativa é o Maranhão, com a média de 70 anos -, acompanhado pelo Piauí (70,7 anos) e Alagoas (70,8 anos).

Em relação a taxa de mortalidade infantil, que consiste na morte de crianças no primeiro ano de vida, o menor índice foi registrado na região sul, pelos Estados de Santa Catarina(10,1), Paraná (10,7) e Rio Grande do Sul (11,2).

O resultado em Roraima é mais alarmante do país: a cada 1 mil bebês nascidos vivos, 20,2 morrem antes de completar um ano. O índice também é alto nos Estados do Amapá (18,1) e Acre (17).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions