A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

07/03/2013 15:14

MS tem 56 mil notificações e mantém alerta contra dengue

Nícholas Vasconcelos
Secretaria diz que municípios precisam continuar alertas contra a dengue. (Foto: Luciano Muta)Secretaria diz que municípios precisam continuar alertas contra a dengue. (Foto: Luciano Muta)

Mato Grosso do Sul registrou 56.532 casos notificados de dengue até o momento, segundo o boletim epidemiológico estadual divulgado nesta quinta-feira (7). Segundo a Secretaria de Estado de Saúde, o número de casos está em queda, mas é preciso manter o alerta junto com as autoridades municipais.

O número de mortes se manteve estável como no último boletim, com 19 óbitos confirmados. A Capital tem 9 mortes, enquanto Vicentina tem duas. Aquidauana, Camapuã, Dourados, Miranda, Nova Andradina, Paranaíba, Sidrolândia e Rio Verde de Mato Grosso têm uma morte cada.

De acordo com a diretora de Vigilância em Saúde do Estado, Bernadete Lewandowski, a dengue foi descartada como causadora da morte de uma mulher de 42 anos esta semana na Capital. Moradora das Moreninhas, ela morreu no domingo (3) no Hospital Regional, com sintomas da doença, mas que foi descartada depois de exames no Lacen (Laboratório Central do Estado).

São investigadas ainda duas mortes em Campo Grande, enquanto há um caso sob suspeita em Corumbá, Dois Irmãos do Buriti, Aquidauana e Nioaque.

“Os casos estão diminuindo e as mortes estão estabilizadas, mas precisamos manter o alerta contra dengue”, disse Bernadete. Até o momento, 58 municípios estão em alerta com a doença.

Na semana epidemiológica 7 eram 5.828 casos, com queda de 5.085 na seguinte.

Já nos próximos dias, equipes técnicas vão seguir para Corumbá, Dourados e Ponta Porã para acompanhar a situação da dengue.

O número de casos do tipo 4 da dengue continua como o predominante em Mato Grosso do Sul. De 152 amostras colhidas, 31 são dessa variante, enquanto 26 são do tipo 2 e 10 do tipo 1.



Mantém alerta contra dengue, porém, se você comparece em algum posto de saúde 24hs com os sintomas, porém, nesse mesmo momento só não está com febre, você não pode ser atendido, e não é.. Que alerta, né?
 
Mayara Paes em 07/03/2013 15:54:18
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions